domingo, 28 de janeiro de 2007

Mercenários brasileiros no IRAQUE!

Infelizmente, não tenho condições de ser blogueiro em tempo integral!

Caso isso fosse possível, publicaria no mínimo uns três, ou mais, posts diários.

Como o VOX LIBRE se dedica principalmente a denunciar a hipocrisia institucional, matéria prima é o que não falta no triste e/ou hilariante cotidiano deste nosso sofrido Brasil!

Mas de vez em quando, algum acontecimento merece comentário e não podemos, nem conseguimos, deixar passar despercebido.

O tema que merece nossa atenção agora, é a descoberta de que um grupo de ex-militares italianos estabeleceu uma empresa no Rio de Janeiro, sob o propósito oficial de fornecer consultoria sobre segurança, mas que na verdade pretendia recrutar brasileiros com experiência militar para trabalhar como "seguranças" de empresas norte-americanas envolvidas nas atividades de "reconstrução" do IRAQUE!

Seriam tais brasileiros "mercenários" e essa expressão é um tanto injusta e hipócrita por definição, pois, segundo os léxicos, "mercenário" é aquele que trabalha por dinheiro!

E quem é que não trabalha por dinheiro?

Claro que já apareceram muitas "otoridades" dispostas a "crucificar" os tais italianos, e o espaço sob os holofotes da mídia é sempre bem-vindo!

As "otoridades" brasileiras estão preocupadas com o bem-estar dos cidadãos tupiniquins que venham a ser "aliciados" a trabalhar no IRAQUE em guerra.

Se um marciano chegasse hoje ao Brasil, imaginaria que tal preocupação com o que brasileiros vão fazer no exterior só é cabível porque todos os problemas dos cidadãos dentro do país já foram resolvidos!

MENTIRA!!!

Há milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza, outros milhões desempregados e muitos milhões de "sortudos" vivendo com um salário-mínimo que mal garante sua sobrevivência!

Há imensas filas no sistema de saúde pública, na luta para conseguir vagas em escolas, para não falar nas filas da previdência social que quando paga, paga aposentadorias de "fome" a quem trabalhou e contribuiu a vida toda.

Mas as "otoridades" estão preocupadas com brasileiros que podem ir trabalhar no IRAQUE em guerra!

O editor deste VOX LIBRE tem uma modesta e pessoal opinião a respeito deste assunto:

Se um cidadão brasileiro, por sua livre e espontânea vontade, quer sair do Brasil e correr riscos trabalhando no IRAQUE, isso é um problema exclusivamente dele e as nossas "otoridades" não têm nada a ver com isso!!!

Os tais italianos estavam oferecendo contrato de trabalho de 2 anos e mais salários mensais de cerca de três a quatro mil dólares, além de um mais que razoável seguro de vida (com beneficiário a escolher), a brasileiros com experiência militar que quisessem se aventurar a trabalhar como "seguranças" no IRAQUE em guerra!

Claro que tais brasileiros teriam acesso a equipamentos e armamentos de última geração patrocinados pelas empresas norte-americanas que hoje atuam na "reconstrução" do IRAQUE ocupado pelos EUA!

O IRAQUE é um lugar perigoso pois está em "guerra"?

Claro que é!

Desde março de 2003 quando a guerra começou, cerca de 30.000 civis iraquianos morreram, isso em pouco mais de 3 anos.

Os iraquianos têm sorte e não sabem!

No BRASIL - que não está em guerra nem nada - , 45.000 civis têm morte violenta a cada ano!

Não estão computados nesta cifra os quase 50.000 mortos no terrível trânsito brasileiro a cada ano!

Ser atingido por uma bala perdida em uma cidade como o Rio de Janeiro é uma real possibilidade cotidiana.

No IRAQUE ocupado desde 2003, cerca de 3.000 soldados norte-americanos foram mortos, e mataram pelo menos umas cinqüenta vezes isso de insurgentes e militares iraquianos que se opuseram à sua ação!

No Brasil 2.000 policiais, em média, são mortos a cada ano, e isso, por um soldo de pouco mais de 500 dólares mensais!

Como se pode ver pelos números - e os números não mentem jamais -, o BRASIL é um lugar muito mais perigoso que o IRAQUE, a diferença é que no IRAQUE o risco é muito melhor remunerado!

O brasileiro que for recrutado para trabalhar como "segurança" no IRAQUE irá receber em dois anos, a quantia de 72.000 a 96.000 dólares, cerca de 158.000 a 211.000 reais!

No Brasil há milhares de cidadãos trabalhando como "seguranças" em empresas regulares e clandestinas por um salário que nem de longe compensa os riscos inerentes à função, para não falar nos policiais muito mal remunerados!

Na verdade o VOX LIBRE acha que as "otoridades" não estão preocupadas com o bem-estar dos brasileiros que se aventurem nas arriscadas plagas iraquianas!

Tudo não passa de uma "reserva de mercado" para proteger nossa "mão de obra barata"!

Se o recrutamento de brasileiros com experiência militar, para trabalhar no IRAQUE, com tais salários sedutores, se tornar uma coisa corriqueira e oficial, não vai sobrar nenhum PM por aqui!

6 comentários:

Newton disse...

Tem muitos donos de "empresinhas de segurança", que freqüentam as academias, só para aliciar as pessoas que já estão com um corpo decente.

E o salário ? R$ 30,00 por noite, considerando-se que são 2 noites, 6ª e sábado, então R$ 60,00.

R$ 30,00 não paga nem os pontos que o sujeito levará na cabeça, em caso de uma garrafada.

Agora por R$ 4.000,00/mês eu levo até meu cunhado como escudo !

Antonio (Tavola Redonda) disse...

Palavras irreparáveis. A questão é profunda e vc concluiu com precisão. A preocupação não é com o ser humano, mas sim com o "capital" que eles representam... mão de obra barata e "quase" descartável...
Parabéns pelo blog. Excelente.

Pata disse...

Oi Antônio
Quanta preocupação das otoridades com o bem estar dos brasileiros.hehe!
Só acho que não devias alertar os PMs.
Vi uma charge por aí dizendo que não existe bala perdida, porque sempre acerta alguém e que perdido mesmo no Brasil é o governo.
Bjs.

carneiro disse...

Prezado Chefe
Sob a ótica que abordastes o assunto, vosso pt. de vista está absolutamente correto.Reserva de mão de obra barata por aqui!! Entretanto, um pai desesperado me procurou na SR solicitando ajuda porque seu filho, segurança no Iraque que havia sido contratado por cia. australiana não fazia contato há meses. Apurou-se que o jovem havia sido designado para protecão de campo de petroleo no interior daquele "país". Segundo o que o mancebo nos contou, o fato foi em represália a sua reclamação sobre uma suposta brutal diferença de salários entre gringos e brasileiros!! Até pra lá de Bagdá somos "cheap hands"!!

augusto disse...

Se forem para ao Iraque PM'S do RJ certamente não farão feio por lá, pois aqui estão acostumados a dar nó em pingo d'água por um salário de fome. Mas, se esses italianos recrutarem PM'S de outros estados, não sei não...creio que será prejuízo para os americanos.Hoje na Av.Brasil, na pista sentido zona sul, quando avistei uma viatura policial esquisita não se tratava de carro de nenhuma policia que conhecia, nem mesmo da ferroviária. Aí pensei eu ferrado!É bandido fingindo ser uma polícia fardada! Indo alguns metros à frente fiquei aliviado era a valorosa FNS e seus guerreiros.Quando passei pelo carro da FNS notei os três soldados na parte traseira do carro empunhando fuzis pára-fal com os olhos arregalados visivelmente tensos, passando pela frente do X-Terra super novo vi a frente da viatura totalmente destruida e a traseira de outro veiculo comum também acabada e um quarto soldado falando com o infeliz proprietário do carro de passeio. Essa foi a minha primeira visão da FNS.

Daniele disse...

bom isso não tem nada a ver,ninguém vai obrigado cada um faz oque quer e sabe dos riscos e outra se chegar a hora de ir ver papai do céu,pode estar em casa dormindo que vai empacotar e a propósito alguém pode me enviar o site dessas empresas que contratam???meu e mail é opesp038@hotmail.com