segunda-feira, 28 de agosto de 2006

Em respeito à verdade!!!

No nosso último post, abordamos a questão da situação de dificuldade de um piloto aposentado da VARIG e criticamos um empréstimo do BNDES à empresa VOLKSWAGEN, que ameaça de demissão milhares de funcionários!
Pois bem!
No noticiário de hoje, que circula na WEB, tomamos conhecimento de que o BNDES resolveu não liberar o tal empréstimo enquanto a VOLKSWAGEN não chegar a um acordo com seus empregados sobre o programa de reestruturação da empresa.
É uma boa notícia!
Seria um verdadeiro absurdo emprestar dinheiro público para uma multinacional que pretende "enxugar" seus custos demitindo trabalhadores brasileiros!
Ponto para o BNDES!
Mas o VOX LIBRE continua achando que o governo federal deveria ter ajudado a VARIG!!!

4 comentários:

tunico disse...

Rayol, também sou contra o BNDES emprestar nosso rico dinheirinho a multinacionais que podem muito bem trazer Euros e dólares para investir aqui, como sou contra o BNDES emprestar $$ ao Chavez, ao Morales(neste caso, ele apropriou-se do investimento da Petrobrás) e a outros vizinhos.Mas no caso da VW, a negativa do BNDES foi absolutamente política.Lula e o PT perdem feio em São Bernardo do Campo ao contrário do que muitos pensam que lá é seu curral eleitoral. É uma forma de tentar ganhar votos para ele e Mercadante. Quanto você quer apostar que após as eleições, aconteça o que acontecer com a VW este dinheiro vai sair? Lula tem um caso de amor incestuoso com a empresa alemã desde o tempo em que era sindicalista.A VW ajudou a fortalecer o Sindicato dos Metalúrgicos de SBC nos tempos do regime militar, quando seus diretores negociavam com o hoje "Nosso Guia" para encerrar greves em troca de "um por fora". O know-how de Caixa2 do PT é antigo.

Ricardo Rayol disse...

Mas pelo jeito está ajudando. O grande nó sempre foi a FRB. Acho que o encaminhamento do assunto foi uma forma de alijar essa fundação sanguessuga do processo.

Ricardo_ disse...

Rapaz, a antiga Varig, administrada (?) pela Fundacao Ruben Berta levou a empresa para o buraco diversas vezes. Ou nao se lembram, no governo anterior, a quantidade de greves que fizeram ??

Aposentadorias irreais, numero de funcionários em excesso, rotas não rentáveis, tudo contribuindo para a falência da empresa. E o que fazia a tal fundação ??

Empresa não é caridade. Empresa não é cabide de empregos. Empresa visa única e exclusivamente a LUCRO !
Se nao dá Lucro, não adianta investir lá. Simples assim.

Anônimo disse...

E a Volks, não queria o dinheiro não era para ampliar a fábrica? pOR QUER DEMITIR?