segunda-feira, 13 de fevereiro de 2006

DURA LEX na INDONÉSIA!

O programa FANTÁSTICO levado ao ar pela TV Globo na noite de ontem exibiu uma fita de vídeo com um depoimento do brasileiro MARCO ARCHER, onde o mesmo diz que está arrependido e pede clemência.
MARCO ARCHER é, ou era, instrutor de vôo livre e foi preso em agosto de 2003 na INDONÉSIA, quando tentava entrar naquele país com 13,5 quilos de COCAÍNA escondidos dentro de uma asa delta.
Como tal crime naquele país é punido com a pena capital, MARCO ARCHER foi condenado e está preso desde então aguardando execução, ainda não marcada, diante de um pelotão de fuzilamento!
A polícia indonésia suspeita que aquela não foi a primeira viagem transportando drogas do brasileiro para aquele país, mas foi a primeira vez que deu errado.
Quem se mete em uma aventura dessas o faz seduzido pelo dinheiro fácil que o alto lucro do comércio da COCAÍNA proporciona.
Geralmente o candidato a traficante não percebe que o alto lucro é proporcional ao alto risco e só se arrepende quando as coisas “dão errado”.
Enquanto está tudo dando certo e o dinheiro está “entrando” com generosidade ninguém manda mensagens emocionadas para a mamãe, pede perdão a todo mundo ou se torna evangélico.
O governo brasileiro fez um pedido de clemência em favor de MARCO ARCHER ao governo da INDONÉSIA que ignorou solenemente o pleito.
A INDONÉSIA é um país soberano e tem o direito de aplicar suas leis a quem as viole dentro de seu território, da mesma forma que o BRASIL tem o direito de tratar bandidos a pão-de-ló como fez com os seqüestradores do empresário ABÍLIO DINIZ.
A mesma edição do programa FANTÁSTICO exibiu uma reportagem sobre pessoas que NÃO PRECISAM e recebem o dinheirinho do “BOLSA FAMÍLIA”, e outras pessoas que PRECISAM E NÃO RECEBEM ajuda nenhuma!
Em vez de se meter nos assuntos internos da INDONÉSIA o governo brasileiro podia se ocupar de ter clemência de brasileiros que não cometeram crime algum e estão condenados a morrer de fome!!!
E quem não quiser ser fuzilado na INDONÉSIA que não leve COCAÍNA para lá!

10 comentários:

Sérpico disse...

Parece até que o governo Brasileiro defende os tráficantes em lugar de condenalos. Em quanto ao bolsa familia, a Policia Federal deveria prender todos aqueles que se beneficiam ilegalmente desse beneficio. Ate parece que lulla promove os ilícitos já que não manda investigat nem punir exemplarmente os faltosos que quase sempre são do pt ou de partidos aliados. CADÊ A JUSTIÇA?

Anônimo disse...

FALOU E DISSE TUDO QUE HAVIA DE SER DITO SOBRE O ASSUNTO.

Só falta mandar uma cópia do post para o Palácio do Planalto; melhor, mande uma fita cassete com a leitura do post porque aquele semi-alfabetizado não gosta de ler.

Alice disse...

Eu tenho um lado , que eu mesma não conheço o suficiente ,esse lado as vezes me assusta:( , pela minha dureza , já deu para saber a minha opinião ...
Boa semana

Fernando Porto disse...

Nada como um bom pelotão de fuzilamento para livrar a sociedade de criminosos inescrupulosos. Que vergonha Presidente Lulla, interferir nos assuntos internos de um país soberano para defender traficante de entorpecentes? Já disse aqui e torno a repetir: não interessa aos nossos "políticos" aprovarem a pena de morte no Brasil porque eles só legislam em causa própria e não iriam aprovar uma legislação em que eles, futuramente, pudessem vir a ser atingidos.

LCMarques disse...

Grande Rayol, depois de toda divulgação pela TV outro brasileiro foi preso lá por tráfico.
Você coloca muito bem o risco de se ganhar dinheiro e o risco na forma de se ganhar esse mesmo dinheiro. São proporcionais.
Assim como fico indignado quando escuto: "Poderia estar roubando, mas estou trabalhando" e acho que não é por aí (olha os DH de novo na discussão), com o sistema de informações disponível atualmente cabe a cada um escolher o que quer (livre arbítrio) e também ser responsabilizado pelo que faz.
Inclusive os dirigentes.

LCMarques disse...

Eventualmente aparece na TV uma mãe, ou pai, dando umas belas porradas ou então entregando seus filhos para a Polícia por não terem como controlá-los.
É uma clara demonstração de que existem valores que foram absorvidos.
Claro que a vida humana é importante, desde que seja para melhorar as relações entre as pessoas... ou então não atrapalhar.

Anônimo disse...

O presidente pediu clemencia porque é cristão e tem carater.Agora santo ninguém é.Como diz o ditado popular santo morre na barriga da mãe.

O GRANDE IRMÃO PETISTA.

Anônimo disse...

Ó GRANDE LADRÃO PETISTA,
Vosso presidente pediu clemência porque é um chefe de quadrilha e bandidos tendem a ser solidários com outros bandidos!

JUVENAL FERREIRA

Ricardo Rayol disse...

Enquanto isso um rapaz que foi espancado na Australia levou um tempao para ter o visto de sua namorada aceito no Brasil para poder viajar com ele de volta à casa. Cambada...

Gusta disse...

Gostei da atitude do Bolsonaro:

Brasília-DF, 15 de fevereiro de 2006.

Senhor Ministro Conselheiro,

Rogo transmitir a Sua Excelência o Senhor SUSILO BAMBANG YUDHOYONO, MD Presidente da Indonésia, minhas congratulações pela manutenção da pena de morte ao traficante MARCELO ARCHER.

Milhões de brasileiros assistiram pela TV o apelo do traficante internacional de drogas implorar pela própria vida depois de ser condenado à morte por um Tribunal da Indonésia.

"- Não matei, não roubei, não posso pagar com a vida por um erro" dizia o traficante.

Faltou, entretanto, dizer o que todos sabem no Brasil: aqui dezenas de inocentes são mortos diariamente por traficantes, como ele, que fecham vias públicas e abrem fogo a esmo contra os cidadãos. Muitas famílias assistem seus filhos se perderem nas drogas, transformando-se em ladrões, seqüestradores e assaltantes para sustentar o próprio vício.

Embora lamente e respeite a dor que sua família esteja passando entendo que apiedar-se por um traficante, que tanto mal causa à sociedade, é ser conivente com o crime.

Em passado recente, a cúpula do PT fez romaria no Carandiru visando à libertação dos seqüestradores de Abílio Diniz. O fato de hoje, estes mesmos petistas, pedirem para que Archer não seja condenado não causa surpresa. O DNA do PT é defender bandidos.

Por estes motivos é que congratulo-me com o Governo da Indonésia por não aceitar o apelo feito pelo Presidente Lula. Caso no Brasil este mesmo crime fosse punido com pena de morte muitas vidas de inocentes seriam poupadas.

Finalizo apresentando desculpa pelo vergonhoso pedido de clemência do nosso Governo que nada faz para combater o crime organizado no Brasil.

JAIR BOLSONARO

Deputado Federal - PP/RJ


Ministro Conselheiro e Encarregado de Negócios de a.i.

Teyseran Foun Cornelis
Embaixada da Republica da Indonésia

SES Av. Das Nações Quadra 805 Lote 20 CEP.70479-900

Brasilia-DF