sexta-feira, 11 de novembro de 2005

Pirataria aérea!

Em uma das viagens do AIR FORCE 51, o cineminha de bordo exibiu o filme "2 FILHOS DE FRANCISCO", conforme noticiado pela imprensa à época.
Todos os passageiros elogiaram muito o filme, inclusive o presidente da república.
O problema é que a SONY PICTURES, detentora dos direitos do filme, teria divulgado nota em que afirma desconhecer que cópia foi essa exibida a bordo do tal avião, já que o DVD oficial só será lançado em 07 de dezembro!
Teria sido uma cópia pirata?
O avião presidencial teria exibido a bordo um filme em cópia pirata?
Sim!!!
Pirataria é crime?
É!!!
Mas no contexto geral um pirata a mais ou um pirata a menos, sinceramente, não vai fazer a menor diferença!
A questão é botar todos os PiraTas para correr em 2006!
Veja a íntegra da notícia da Folha de São Paulo de ontem:
Para Luciano, presidente não podia ter concordado com prática.
Lula admite ter assistido a DVD pirata do filme "2 Filhos de Francisco"
LAURA MATTOS DA REPORTAGEM LOCAL
A assessoria do Palácio do Planalto admitiu ontem que o presidente Luiz Ignácio Lula da Silva assistiu a "2 Filhos de Francisco" em DVD pirata.
A sessão ocorreu em 18 de outubro, no AeroLula, o avião presidencial, em viagem oficial a Moscou.
O DVD original só será lançado em 7 de dezembro.
O filme sobre Zezé Di Camargo e Luciano, que fizeram shows na campanha de Lula, foi o escolhido do país para concorrer a uma vaga no Oscar.
Luciano disse à Folha que "o presidente incentiva o crime da pirataria com a atitude".
"Soube que a cópia tinha defeito e parou duas vezes na exibição.
Quando ele viu que era pirata, tinha de ter tomado providências."
Em nota, o Planalto responsabiliza a "ajudância de ordem", que em viagens oficiais é responsável, segundo a assessoria, "por organizar as roupas do presidente, cuidar dos presentes que recebe, da alimentação, etc...":
"Nas viagens do presidente, são exibidos DVDs de filmes nacionais enviados pelos autores.
Por falha da ajudância de ordem, no trajeto de 18/10 foi exibida uma cópia não oficial de ‘2 Filhos de Francisco’.
A ajudância de ordem já foi devidamente advertida sobre o erro cometido".
O incidente deverá cancelar uma exibição oficial do filme ao presidente, a ministros e membros de consulado, em Brasília, prevista para o fim do mês.
O programado era que a dupla e seus pais, protagonistas do filme, entregassem uma carta ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, solicitando providências antipirataria.
Luciano disse ser contra a realização do evento e que, se for "voto vencido", não irá comparecer, em caráter de protesto.
"Se o Lula já viu em DVD pirata, para que vamos lá mostrar o filme?"
Sobre Lula, por quem fez campanha, afirmou:
"Trabalhei por ele porque acreditava.
Sou um dos poucos brasileiros que podem deitar a cabeça no travesseiro e não me preocupar com o dia de amanhã.
A minha quinta geração comerá com o que já ganhei de dinheiro.
Mas eu acreditava numa mudança, e isso não veio".
A Sony Pictures, distribuidora do longa, calcula que ao menos 500 mil cópias piratas já tenham sido vendidas.
Luciano disse que, apesar do prejuízo, decidiu protestar contra a pirataria e a sessão no AeroLula por ser um "cidadão que teve o orgulho ferido". "Pirataria é crime, é roubo. Quem vende e quem compra são bandidos. Temos de parar de separar bandidos e mocinhos numa quadrilha."
Pirataria é crime, e o comprador também pode receber penas que variam de multa a detenção.
O sertanejo aproveitou para questionar a atitude da produtora Conspiração e da Sony Pictures diante da pirataria de "2 Filhos de Francisco":
"Eles já sabem que um original foi roubado de dentro da produtora ou do laboratório. São empresas pequenas, com uns 30 funcionários. Por que ainda não chamaram a polícia para investigar?"
A assessoria da Conspiração respondeu:
"Identificamos piratas de ‘2 Filhos’ de várias origens nas ruas e, juntamente à Sony Pictures, já tomamos ações concretas para realizar apreensões e para procurar identificar possíveis furtos de matrizes digitais ou cópias não autorizadas ao longo do processo.
Já há investigações em andamento em diversos locais.
Infelizmente não podemos dar mais detalhes no momento para não atrapalhá-las".

7 comentários:

Fernando Porto disse...

Esse governinho lulla nã perde uma oportunidade de perder uma oportunidade.

Anônimo disse...

Em vez de cópia pirata é cópia não oficial. É de Matar de rir!!!

Anônimo disse...

Nova nomenclatura petista: No caso deles, não é copia pirata, é cópia não autorizada!

Fog

Alice disse...

Como as coisas mudam ...
Amei : cópia não oficial ,quem sabe tbm ,corrupção não oficial e assim por diante
Só tenho a pensar deles #*¨#*# *#*#

Marcos Vasconcelos disse...

Rayol, "AIR FORCE 51" é dose!, literalmente. :o)

"cópia não-oficial" é irmã legítima do bastardo "recursos não contabilizados".

Anônimo disse...

Mais uma vez o indigitado presidente irá dizer que não sabia que a cópia era pirata !

Na realidade o que ele realmente não sabe(in dubio pro reu) é escolher seus auxiliares ! Ou sabe ?!

Serjão disse...

Cópia não contabilizada comprada por um aspone não contabilizado numa feira do Paraguai não contabilizada. Agora como o aspone prestou contas de um mercadoria comprada sem nota? Parabéns pelo Blog. Achei legal.