sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Turistas atacados no Rio de Janeiro!!! Welcome to the jungle!!!

Há alguns anos atrás, durante um seminário, tive a oportunidade de assistir a uma excelente palestra proferida por um especialista na indústria do turismo.
Em determinado momento o palestrante afirmou que uma cidade que pretende ser atrativa para turistas deve, primeiramente, ser “boa” para seus moradores!
Acho que ele quis dizer que uma cidade não conseguirá ser amistosa e acolhedora para seus visitantes se seus próprios habitantes não se sentirem felizes.
De acordo com tal raciocínio, o Rio de Janeiro pode, sem dúvida, figurar como um exemplo negativo de como uma cidade pode ser hostil para os que vivem nela e para os que a visitam de forma absolutamente democrática!
A criminalidade que assola a cidade (outrora maravilhosa) atinge igualmente os seus moradores e os turistas desavisados que se atrevem a botar os pés por aqui.
Turistas sempre foram apenas mais um item no cardápio dos predadores que caçam impune e atrevidamente nas ruas do Rio de Janeiro e a crônica policial da cidade é pródiga em casos de turistas roubados e assassinados durante férias que escolheram passar em uma cidade, que ao contrário do que pretendiam, só lhes rendeu lembranças infelizes, de uma desgraça imerecida!
Como tais tragédias (envolvendo turistas), tiveram repercussão na mídia internacional, o que surpreende é que ainda haja estrangeiros que venham passear no Rio de Janeiro!
Ou não lêem jornais, ou estão em busca de aventuras de alto risco, excetuadas, é claro, aquelas celebridades internacionais que circulam pela cidade acompanhadas de um forte esquema de segurança privada!
O carnaval carioca é, sem dúvida, um dos maiores eventos populares do mundo, uma festa de projeção internacional, o que atrai muitos visitantes, e deveria portanto, merecer um forte esquema de segurança pública, mesmo que no resto do ano os moradores da cidade tivessem que conviver com a ausência do poder público e a (já incorporada ao cotidiano carioca), lei do “salve-se quem puder”!
O fato é que, no momento em que este post é escrito e publicado, em uma sexta-feira véspera do carnaval de 2009, a imprensa repercute ataques violentos a turistas no Rio de Janeiro, em um espaço de menos de 48 horas!
No último dia 18 (quarta-feira), um albergue em Copacabana foi atacado por criminosos e 13 turistas ficaram sem seus bens!
Na madrugada do dia 19 (quinta-feira), ocorreu outro ataque a albergue, dessa feita no bairro da Lapa, vitimando mais turistas e, na tarde do mesmo dia, no bairro de São Conrado, em plena luz do dia, um veículo que transportava 10 turistas foi assaltado por bandidos!
Em todos os episódios citados os criminosos estavam fortemente armados e os visitantes do Rio de Janeiro ficaram sem o dinheiro, máquinas fotográficas, filmadoras, telefones celulares, jóias e etc...
Felizmente, ninguém foi morto ou ferido, o que já é um lucro diante do que ocorre rotineiramente no Rio de Janeiro!
Os turistas espoliados que aceitaram falar com jornalistas afirmaram que não pretendem voltar ao Rio de Janeiro nunca mais...
Melhor sorte têm eles, com a opção de voltar ao lugar civilizado onde moram, já que os habitantes do Rio de Janeiro, em sua grande maioria, têm que suportar o convívio com criminosos que fazem o que querem, a qualquer hora e em qualquer lugar, com a desenvoltura que só a certeza de uma segurança pública incompetente pode proporcionar!
No passado ocorreram casos em que bandidos invadiram hotéis, mas medidas de segurança foram adotadas e os bandidos agora “descobriram” os albergues como presa fácil de suas investidas.
Albergues são uma hospedagem de baixo custo, com habitações e banheiros de uso coletivo que atendem principalmente os turistas chamados “mochileiros”, mas a bandidagem carioca não discrimina turistas com muito ou pouco dinheiro e saqueia a todos indiscriminadamente!
E as “otoridades”?
Bem! As autoridades já vieram a público para prometer uma “investigação rigorosa” e blá, blá, blá!!!
A criminalidade agradece a conversa fiada!
O grande progresso no presente caso é que ainda não apareceu nenhum representante do poder público para dizer aquela velha frase surrada:
Coisas assim acontecem em qualquer lugar do mundo!
É uma mentira velha em que ninguém acredita mais!
Tais coisas só acontecem no Rio de Janeiro!
E antes que alguém pense que este post é "exagerado", é necessário lembrar que o albergue atacado na Lapa fica a cerca de 200 metros do QUARTEL GENERAL da Polícia Militar!!!
Esta cidade ACABOU!!!

5 comentários:

regina disse...

VERGONHA!
O GOVERNADOR DEVERIA INDENIZAR OS TURISTAS.
QUANDO VAMOS A UM RESTAURANTE E ENCONTRAMOS UMA MOSCA NA COMIDA, O GERENTE, ALÉM DE PEDIR DESCULPAS OFERECE OUTRO PRATO E POR VEZES NÃO COBRA POR ISSO!
VAMOS QUE VAMOS!
RIO 2016 ESTOU PAGANDO PRÁ VER.

Anônimo disse...

RIO 2016

Notícia de assaltos se alastra mundo afora e abala imagem do Rio
Na mídia internacional, o caso ganhou destaque também no The Guardian, da Inglaterra, e no Grigoes, especializado em turismo no Brasil. O Herald Tribune destacou a notícia com um erro que contribui mais ainda para arranhar a imagem do Rio. Em vez de 34, a notícia falava em 43 vítimas no albergue da Lapa.

Laguardia disse...

Amigos.
Não sou jornalista nem escrevo bem.
Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.

Haroldo Thales disse...

Que bom! O Blog VOX LIBRE ainda pulsa!

Depois do último texto publicado em 20/junho/2008, volta e meia eu acessava o blog e nada de novidade. Até que parei de verificar. Hoje, lendo meus arquivos pessoais lembrei do blog e li a boa nova postada por Antonio Rayol, em 12/fev/2009. Tomara que o blog continue seguindo em frente e subindo a íngreme Ladeira Da Vida Nacional Conturbada Pelo Petralhismo Que Se Apoderou Da Nação.

Sendo eu um aposentado brasileiro, lá vai o meu desabafo:

Lautas refeições regadas a bebidas alcoólicas e o séquito de bajuladores anestesiam e calam a consciência do nosso Rei.

Enquanto o nosso Rei sente as delícias de andar nas nuvens, os desempregados e aposentados... SIFU!


APOSENTADOS BRASILEIROS

Ao trabalho, vamos!
Pegávamos até 6 ônibus por dia,
Sacolejando, espremidos
E agradecidos pelo pão de cada dia.
Não desanimávamos, pois o
Trabalho enobrece o homem,
Assim acreditávamos desde a nossa infância.
Desempregos aconteciam e nossas famílias sentiam,
Obrigando-nos a fingir que não tínhamos fome e
Suplicando à Vergonha, “Cale nossos estômagos”.

Brasil foi crescendo, gerando
Riquezas às custas do nosso suor e sangue.
A Previdência mudando
Suas regras e sempre contra os trabalhadores.
Inventaram tantas fórmulas e sempre
Levando o nosso dinheiro para outros cofres.
E agora, aposentados, a pensão é uma merreca.
Infelizes, pobres e doentes,
Rogamos, “Lula, tem piedade de nós”. Mas
O Lula agora só ouve banqueiros e parceiros, enquanto
Saborosas comidas e bebidas calam a sua consciência.

Anônimo disse...

Rede de Pedofilia em Catanduva-SP:

- Uma juíza da Infância e da Juventude decreta habeas corpus livrando da prisão um médico e um empresário que já estavam foragidos.

- Uma delegada da Delegacia da Mulher avisa o advogado do médico que seria realizada uma busca na residência, possibilitando ao médico sumir com as possíveis provas.

- Essa mesma delegada também admitiu que a sessão de reconhecimento de suspeitos que ela promoveu com crianças que sofreram abuso não foi adequada, deixando de identificar três suspeitos. Na ocasião, a delegada levou as crianças para uma sala após terem prestado depoimento e sem a presença das mães - o que fere o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Quais os motivos para “falhas” tão estranhas, em favorecimento dos suspeitos?

Subornos? Chantagens? Amizades da juíza e da delegada com os suspeitos e/ou seus advogados?

É triste, lamentável. Este é Brasil cada vez mais contaminado pelo crime organizado.