quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Morre mais um imprudente TURISTA que veio passear no Rio de Janeiro!

Todo profissional da indústria do turismo conhece uma regra básica:
Nenhuma cidade é boa para turistas, se não for boa para seus moradores!
Tal regra exclui, infelizmente o Rio de Janeiro logo de plano!
O Rio de Janeiro é uma cidade privilegiada pela natureza com suas belezas naturais, o que lhe valeu o epíteto de "cidade maravilhosa", o que continua atraindo turistas incautos.
Mas há muito tempo atrás se tornou uma cidade perigosa graças à incompetência de governantes corruptos e farsantes!
O editor deste VOX LIBRE pesquisou e não encontrou nenhum estudo sobre cidades onde mais morrem mais turistas no mundo e arrisca dizer que o Rio de Janeiro pode se candidatar a um lugar especial em tal ranking macabro.
São muitos os casos de turistas assassinados por aqui!
Para os nativos da cidade ser assassinado a qualquer hora e em qualquer lugar já virou um inevitável fato da natureza como uma chuvarada ou uma ventania.
Faz parte do cotidiano da cidade e é por isso que várias famílias já deixaram a cidade rumo a outras unidades da federação ou até em direção a outros países.
Muitos cariocas acalentam o sonho de sobreviver tempo suficiente para sair da cidade!
Mas alguns turistas ainda se arriscam em vir passear por aqui, quando seria mais seguro conhecer Bagdá ou Cabul.
Não queremos denegrir o Rio de Janeiro, queremos que a cidade se torne segura para moradores e para turistas, mas isso está difícil com uma segurança pública administrada de forma desastrosa!
Não sabe como fazer?
Então caia fora e vá cascatear em outro terreiro!
Abra espaço para alguém que saiba o que fazer!
Na última segunda-feira um turista italiano de 28 anos foi morto à luz do dia em plena avenida Vieira Souto em Ipanema!
O turista havia vindo ao Rio de Janeiro, junto com a família, para assistir ao casamento de um irmão.
Passeava no calçadão da avenida Vieira Souto quando um bandido em uma bicicleta arrancou um cordão de ouro do pescoço de seu pai.
O imprudente jovem italiano perseguiu o ladrão e se atracou com ele.
O ladrão conseguiu se desvencilhar e fugiu, o jovem italiano acabou atropelado por um ônibus que passava.
A polícia agora não só investiga a ação de mais um membro da gangue das bicicletas como também explora a hipótese de que o ônibus estivesse acima da velocidade permitida para o local!
A gangue das bicicletas atua há anos na zona sul do Rio de Janeiro e não é a primeira vez que provoca mortes!
Os motoristas da cidade, sejam de ônibus, de caminhões ou de automóveis, trafegam na velocidade em que querem nos locais onde querem.
No trânsito carioca vale tudo, e ninguém faz absolutamente NADA, e isso já é assim há muitos anos!
Já os bandidos cariocas, também atacam em qualquer lugar e em qualquer horário, e só quem não sabe disso é a POLÍCIA!
Depois da morte do turista italiano, a imprensa européia caiu de pau em cima da cidade.
Afirmam que o Rio de Janeiro é uma das cidades mais violentas do mundo!
Esses jornais europeus têm a inconveniente mania de dizer a verdade!
Daqui a pouco vai começar a gritaria patriota e hipócrita das "otoridades" para acusar a imprensa européia de "perseguição", dizendo asneiras do tipo:
"Coisas assim acontecem em qualquer lugar do mundo!"
É MENTIRA!!!
Há coisas que só acontecem no Rio de Janeiro!
A avenida Vieira Souto, provavelmente, possui o metro quadrado mais caro do mundo, e é ali que morrem turistas e cariocas com incômoda regularidade, vítimas da violência urbana, em plena luz do dia!
Nas outras partes da cidade, menos privilegiadas, a situação é bem pior!
Talvez seja a hora de chamar os capacetes azuis da ONU!

5 comentários:

Ozéas disse...

Fico curioso como ainda desembarcam turistas no Rio de Janeiro, confesso que a propaganda é tão negativa que se eu jamais visitaria nossa cidade maravilhosa.
No aeroporto de Salvador fica um agente da Secretaria de Turismo plantado na porta do desembarque distribuindo panfletos da cidade e recomendações do tipo “cuidado com o centro da cidade” “no Pelourinho há muitos marginais, cuidado com seus pertences”, “cuidado com bolsas e sacolas na saída do aeroporto”....
Que país é esse que recebe seus turistas com recomendações desse tipo?

LCMarques disse...

E o caso da garota, menor, presa na mesma cela com homens no Pará?
E o incêndio no camelódromo com uma grave denúncia (?) pelo Prefeito?
As chacinas de policiais na semana?
A esculhambação na troca de ingressos para o jogo?
Tudo para consumo interno...
Sem falar nas trapalhadas ilegais e imorais dos políticos e outras mil coisas mais que acontecem diariamente por aqui.
Uma sociedade formada por zumbis, na concepção macabra do termo.

tunico disse...

Amigo Rayol. Acho que o Rio está precisando mesmo dos boinas azuis. Nem o BOPE está dando conta...

Wanderby B. de Medeiros disse...

Parabéns por mais uma análise centrada, coerente e liberta de influências outras que não a simples vontade de dizer a verdade.

SOMOS! MERECEMOS, PORQUE ACEITAMOS E NADA FAZEMOS CONTRA! disse...

Faz mais de 10 anos que não vou ao Rio de Janeiro. Mas sou brasileiro e sinto vergonha de ser. Se carioca fosse, além da vergonha que sinto, eu me revoltaria e jogaria merda nas caras dessa politicada e autoridades filhos de uma ronca e fuça, que fizeram e fazem do Rio um inferno enfeitado por belos cenários.

GOVERNOS CORRUPTOS.
NÃO APENAS CORRUPTOS,
GOVERNOS DE MERDA!

POVO ACOMODADO.
NÃO APENAS ACOMODADO,
POVO COVARDE E SUBMISSO!
CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE.

POVO DE MERDA, SOMOS?!?!?

CADA FILHO TEM OS PAIS QUE MERECE.
CADA PAI TEM O FILHO QUE MERECE.
PAIS COVARDES, FILHOS BANDIDOS!

AGORA TENHO CERTEZA:
SOMOS UM POVO DE MERDA E
MERECEMOS ESSES GOVERNOS,
LEIS, INSTITUIÇÕES E
ARREMEDOS DE AUTORIDADES,
TODOS NADA MAIS QUE
ARREMEDOS DE HOMEM!