quarta-feira, 4 de julho de 2007

Mulher gosta de "apanhar"???

O dramaturgo NELSON RODRIGUES

O VOX LIBRE tem certeza que todo mundo vai se lembrar!
Aconteceu em 10 de novembro de 2006!
No dia 13, publicamos um texto intitulado "O CORNO mais famoso do BRASIL!" (está nos arquivos do VOX LIBRE).
André Luiz Ribeiro, de 36 anos, andava inconformado com a separação da mulher, Cristina, de 35, que repelia todas as suas tentativas de reconciliação.
André maltratava e espancava a mulher por causa de ciúmes doentios.
Ao ouvir rumores de que Cristina estava se relacionando com outro homem, André resolveu tomar uma atitude extrema: armou-se de um revólver carregado e seqüestrou o ônibus onde Cristina viajava, de manhã, para o trabalho!
Mais de 30 passageiros estavam no ônibus e foram mantidos sob a mira da arma e sob ameaça de morte juntamente com a ex-esposa, Cristina!
O ônibus foi imobilizado num acostamento da rodovia Presidente Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo e é também caminho entre municípios da baixada fluminense e o centro da cidade do Rio de Janeiro!
O seqüestro durou mais de 10 horas.
Causou um engarrafamento monstruoso e a mobilização de centenas de policiais.
Foi transmitido ao vivo por redes de televisão inclusive pela CNN para o exterior!
Finalmente, graças à habilidade dos negociadores da polícia, André se entregou sem ferir nenhum passageiro, exceto sua ex-esposa Cristina, que sofreu ferimentos no rosto causados pelo cano do revólver que André usou várias vezes para golpeá-la!
André foi preso e nos dias que se seguiram ao fato Cristina, a ex-esposa, deu várias entrevistas dizendo que André era violento e a espancava e havia em várias oportunidades, feito ameaças de morte!
O caso caiu no esquecimento até que na última segunda-feira, dia 02 de julho, o noticiário trouxe uma notícia surpreendente:
Cristina resolveu perdoar André e reatar o relacionamento, e mais, Cristina fez um apelo público para que a Justiça também perdoe André!
Os transtornos causados pelo seqüestro armado de André vão para a cucuia!
O pavor e o trauma sofridos pelos outros mais de 30 passageiros do ônibus, seqüestrados por mais de 10 horas, tornam-se um detalhe irrelevante.
A mobilização de mais de uma centena de policiais vira apenas uma brincadeira!
Na manhã da mesma segunda-feira, o assunto foi tema de debates em um programa de rádio de grande audiência no Rio de Janeiro.
Um magistrado que participa do tal programa de rádio, e que já se tornou famoso por suas declarações inoportunas, para não dizer coisa pior, concordou com o perdão de André e disse que tudo não passava de uma "história de amor"!!!
Um outro debatedor disse que em briga de marido e mulher ninguém deve meter a colher!
Ao magistrado romântico devemos lembrar que tal história de amor pode ainda acabar em tragédia, caso André resolva espancar novamente a imprudente Cristina, se não fizer coisa pior, pois se já se armou com um revólver uma vez, pode voltar a fazê-lo e quiçá matar Cristina em um novo acesso de ciúmes!
Ao outro debatedor que disse que não se deve meter a colher em briga de marido e mulher, cabe replicar que tal provérbio é válido até que o marido troca a colher por um revólver carregado e resolve ameaçar de morte outras 30 pessoas que não têm nada a ver com a briga do casal!
Na esteira da notícia, o CIAM (Centro Integrado de Apoio à Mulher) do Rio de Janeiro, divulga a informação de que 70%(setenta por cento), das mulheres que sofrem maus tratos por parte dos maridos, perdoam seus agressores e retornam ao convívio doméstico e, é claro, acabam "entrando na porrada" novamente, mais cedo ou mais tarde!
Aí aparecem os sociólogos de plantão para explicar que muitas vezes, as mulheres retornam à companhia de seus agressores por razões econômicas!
Pode até ser isso mesmo!
Entre passar necessidade e levar uns tabefes de vez em quando há aquelas que preferem a segunda alternativa.
São as mulheres que escolhem "apanhar" de barriga cheia!
Não parece ser o caso de Cristina, que tem seu emprego e seu sustento sem depender de seu marido violento.
Cristina tem o direito de pedir à Justiça que perdoe André, mas ela deveria ao mesmo tempo renunciar ao direito de encher o saco da polícia caso André resolva surrá-la novamente!
O grande dramaturgo NELSON RODRIGUES disse certa vez que mulher gosta de "apanhar" e até hoje as feministas o perseguem por causa de tal declaração.
Talvez o grande NELSON RODRIGUES tenha pecado na generalização, mas os fatos parecem lhe dar razão, ao menos de forma parcial!!!

5 comentários:

Anônimo disse...

Mulher gosta de "apanhar"???

1. Tem mulher que gosta de apanhar.
2. Tem mulher que gosta de apanhar e goza de tanto gritar.
3. Tem mulher que não gosta de apanhar, mas sofre calada.
4. Tem mulher que não gosta de apanhar e, se apanha, dá ‘parte’ na polícia.
5. Tem mulher que não gosta de apanhar e ainda por cima dá o maior pau no cônjuge.
6. Tem mulher que não gosta de apanhar e ainda por cima dá o maior pau na ‘namorada’.


A mulher que além de apanhar e ser humilhada em público, na maior cara de pau perdoa o covarde, então essa sempre mereceu apanhar.

Em compensação, a mulher que não gosta de apanhar, é honesta, fiel, prendada e companheira ponta firme, essa só merece ser amada e tratada com muito carinho e, com certeza, é uma excelente esposa, fogosa amante e Mãe de Verdade! É um ser perto da perfeição, uma mulher abençoada!

Agora, se a mulher não for tão perfeita assim, mas é honesta e fiel, também está ótimo e merece ser amada e tratada com carinho!

Alice disse...

Foi mal...não consigo entender o que faz uma mulher voltar , deve ser falta de amor próprio !!!
Bom dia :)

Anônimo disse...

Burrice não tem sexo.

A nossa terrível "SS" (Sina de Sucupira) - disse...

.
(No embalo do assunto "Mulher gosta de 'apanhar'???", eu emendo sem medo de perguntar: “Ministra gosta de ser ‘achincalhada’???”)
---------------------------

Graças ao Lula, brasileiros e cidadãos do mundo todo votaram no Cristo Redentor.

Lula foi o maior cabo eleitoral do Cristo, segundo Marta Suplicy.

Marta, uma velha sexóloga que também entende de "rezação" - conforme diria Odorico Paraguaçu. Além de fervorosa nas coisas de "relaxar e gozar", também reconhece o valor do presidente Lula nas coisas de "adoração e rezação" do povo tão sofrido. Pra ela, Lula foi o maior cabo eleitoral para que Cristo Redentor conseguisse ser eleito uma das sétimas maravilhas. Lula, um cabo eleitoral do 'cristismo' e que "nunca antes nestepaíz houve igual".

A cara de 'pautox' (pau misturado com botox), declarou exatamente isso:

- "Sem dúvida, o propulsor da nossa vitória foi o presidente Lula, com sua visita ao Cristo. Naquele momento, os brasileiros se deram conta da importância que o presidente estava dando à eleição do Cristo para o incremento do turismo brasileiro".

É a segunda vez em menos de um mês que a Martaxa perde uma excelente oportunidade de ficar calada.

Ester disse...

"O assassinato de esposas é o crime mais previsível do mundo." (Gavin de Becker in Virtudes do Medo)
A próxima vez que o nome dela virar manchete, é porque foi assassinada