sábado, 9 de dezembro de 2006

"Não sei como você consegue viver nesta cidade!"


A frase que intitula este post, foi dita pela Ministra ELLEN GRACIE (na foto), a um amigo carioca tão logo ela conseguiu chegar em segurança a um flat em Ipanema onde passaria a noite da última quinta-feira (dia 07), depois de ser vítima de um arrastão promovido por bandidos no elevado da perimetral no Rio de Janeiro.
A ministra acabava de chegar à cidade e viajava de carro do aeroporto para a zona sul, quando foi atacada, juntamente com outros motoristas, por um bando de 8 criminosos fortemente armados que levou cinco carros, isso por volta das 22 horas.

A ministra perdeu o carro em que viajava, juntamente com sua bagagem.
O igualmente ministro GILMAR MENDES acompanhava ELLEN GRACIE e também sentiu o horror de ser atacado por criminosos chegando a temer por sua vida.
ELLEN GRACIE e GILMAR MENDES são respectivamente, presidente e vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte do judiciário do Brasil.
Os dois vieram ao Rio de Janeiro para participar de solenidades na sexta-feira e estavam acompanhados por um carro com seguranças do Tribunal de Justiça carioca.
Até agora ninguém sabe o que os seguranças fizeram durante o assalto e especula-se que não tenham feito nada porque o poder de fogo dos bandidos seria muito superior.
Como os dois ministros do STF não vivem no Rio de Janeiro, provavelmente não sabem que o que lhes aconteceu, é a pura rotina da cidade.
Ataques de bandidos em vias expressas da cidade acontecem todos os dias e só não são mais notícia justamente porque perdeu a graça para a imprensa.
A coisa só aparece nos jornais quando morre alguém, ou quando a vítima é pessoa de relevo, ou quando acontecem as duas coisas ao mesmo tempo, como foi o caso o caso do juiz do TRT, MELLO PORTO, assassinado por assaltantes em plena avenida Brasil, há alguns meses atrás.
Como se costuma dizer na imprensa, cachorro abanando o rabo não é notícia, notícia é quando o rabo abana o cachorro.
E ataques de assaltantes no Rio de Janeiro, atualmente, são "cachorro abanando o rabo"!
Nesta cidade, criminosos fazem o que querem, como querem, onde querem e na hora em que querem.
É isso, e nada mais do que isso, gostem ou não os cariocas e as autoridades responsáveis pelos poderes constituídos.
As autoridades da segurança pública do Rio de Janeiro se pronunciando sobre o acontecimento aqui tratado, disseram que a ministra deveria ter solicitado a segurança da Polícia Federal...
Ou seja, a culpa foi da ministra!
E aí é o caso de se perguntar:
O cidadão comum deve pedir segurança a quem?
Quanto à afirmação-indagação da ministra:
"Não sei como você consegue viver nesta cidade!"
O VOX LIBRE responde:
Muitos não conseguem viver, porque já morreram vítimas de bandidos!
Os que sobrevivem, não suportam mais a situação mas não sabem a quem pedir ajuda!
Há ainda aqueles que não suportaram a situação e simplesmente foram embora...
Conheço pessoalmente o caso de profissionais liberais que simplesmente se mudaram para outros estados da federação.
Conheço também casos de empresários que encerraram suas atividades na cidade “maravilhosa” e se mudaram para outros países como EUA, Portugal, Espanha ou Chile!
Tenho um estimado amigo que sofreu uma enorme e irreparável perda pessoal (perdeu um filho vítima de assaltantes), que consegue resumir a situação da violência e criminalidade no Rio de Janeiro com uma frase forte e, infelizmente, plena de real significado:
Esta cidade acabou!!!

2 comentários:

augusto disse...

Delegado o que realmente acontece é que os bandidos sabem que uma parcela muito pequena da população está armada. Se eles soubessem que vários cidadãos tivessem o direito de portar armas eles não teriam a audácia de fechar o Rebouças, a linha vermelha ou a amarela porque obviamente iriam levar também na troca. Há um tempo atrás vc escreveu justamente sobre isso falando dos efeitos das "armas ocultas".E pelo jeito é isso mesmo.Infelizmente, não podemos ter um policial disposto a atuar a cada 10 metros.

Alice disse...

Assim como em todos os cursos , começamos a pagar antecipado nossa formatura ,blábláblá ,é claro que tbm pretendemos viajar ,nem aparece como sugestão o Rio , nem em sonho :( ...
Que pena que deixaram chegar a essa ponto ...
Bom dia .