quarta-feira, 12 de julho de 2006

ITÁLIA pode perder o título de campeã da COPA 2006!

Que ZINEDINE ZIDANE é um craque ninguém contesta, mas o fato é que o sujeito é também um “pavio curto”.
Somente em Copas do Mundo, em 11 jogos antes da final de 2006, ZIDANE colecionava 4 cartões amarelos e 1 vermelho.
Claro que seus colegas de esporte sabem de seu temperamento explosivo e parece que o zagueiro italiano MATERAZZI resolveu “explorar” tal falha de caráter e conseguiu tirar ZIDANE do jogo com inegável prejuízo para a equipe francesa que, até então, vinha jogando melhor do que os italianos.
A contundente cabeçada aplicada por ZIDANE no plexo solar de MATERAZZI é imperdoável e não se pode aceitar que um jogador experiente, com 34 anos de idade, aceite tal tipo de provocação rasteira em uma final de Copa do Mundo, o jogo mais importante na carreira de qualquer jogador de futebol.
Mas o fato é que é fundamental que se saiba o que é que MATERAZZI disse de tão grave capaz de fazer ZIDANE perder a cabeça!
MATERAZZI também tem que ser punido severamente!
Futebol é para ser jogado com os pés e eventualmente com a cabeça, na bola, não no corpo dos adversários.
Se é prática comum dentro de campo que jogadores provoquem uns aos outros em "guerra psicológica" essa estratégia imoral e nada esportiva tem que ser coibida pelas entidades que regulam o futebol.
Em outros esportes já é assim, no tênis por exemplo, os jogadores sequer podem dirigir a palavra um ao outro durante as partidas!
Ninguém sabe ainda o que MATERAZZI disse a ZIDANE, mas com certeza foi algo profundamente ofensivo, pois o craque francês pode até ser “pavio curto”, mas maluco ele não é!
Há quem especule que foi uma ofensa a uma irmã de ZIDANE, outros dizem que foi algo de natureza racista, alusivo à condição franco-argelina de “ZIZOU” (apelido de ZINEDINE ZIDANE).
Pouco antes de escrever estas linhas tomamos conhecimento, através do blog do JUCA KFOURI (ver link no título deste post), de que a prestigiosa revista alemã DER SPIEGEL afirma que a FIFA pode cassar o título da seleção italiana, desclassificando-a e, em conseqüência, dando o título à FRANÇA.
Isso no caso de se comprovar que MATERAZZI dirigiu a ZIDANE ofensas de natureza racista, tudo com base no artigo 55, da resolução 4 do Regulamento Disciplinar da FIFA, onde se lê o seguinte:
“Caso comportem-se jogadores de federações oficiais ou de clubes, bem como expectadores de alguma maneira discriminatória ou inumana como dizem os pontos 1 ou 2 deste artigo, as equipes punidas automaticamente perderão três pontos ... ou em partidas eliminatórias as referidas equipes serão desqualificadas.”
É esperar para ver no que vai dar essa novela!
Apesar disso tudo, ZINEDINE ZIDANE foi eleito o melhor jogador da COPA DO MUNDO de 2006 por um colegiado composto pelos jornalistas credenciados na FIFA, em parte porque embora o resultado tenha sido divulgado depois do jogo final, a esmagadora maioria dos votos foi dada antes do jogo.
Com cabeçada ou não, ZIDANE continua sendo um craque da bola!

6 comentários:

Anônimo disse...

Salvem o Brasil...
Srs. Paulistas, vocês estão comendo a massa que vocês amassaram, fermentaram e assaram para o povo inicialmente os paulistas comerem e em seguida venderam esse produto com defeito incorrigível para todo Brasil ou seja, vocês criaram o maior bandido e corrupto da história brasileira, o sr. Luiz Inácio Lula da Silva. Toda essa bandidagem em São Paulo não é comandada pelo Marcola, o Marcola é um simples gerente do Chefão e Cangaceiro Lula e seus associados (Vidigal, Jobim, J. Dirceu e T. Bastos), esses atentados, o de Brasilia, os do Rio de Janeiro, os de vários outros Estados e os de São Paulo, estão se alastrando Brasil à dentro justamente porque o lula há muito tempo tem o conhecimento que não ganhará a eleição deste ano 2006, mesmo tendo comprado/manipulado os resultados das pesquisas eleitorais. Sugiro que, quem criou essa aberração, procure corrigir urgentemente porque o nosso país está prestes à ser destruido literalmente ou seja, será transformado em uma Cuba e peço-lhes que se retratem com todo o povo brasileiro, porque nós não merecemos viver com a nossa moral, honra, dignidade, respeito, educação, saúde, segurança - sendo destruidos em nome de uma gangue/bando/quadrilha.

Só porque sou Brasileiro,
Prof. Carlos Pinheiro.

Anônimo disse...

Ó Rayol,creio que neste comentário voçê pisou no tomate,ou melhor,voçê que tirar o título da azurra no tapetão! Tá parecendo petralha!

Novinha de Taubaté.

Anônimo disse...

agora essa frescura de racismo.
Qualqur jurista sabe que racismo é uma coisa e preconceito é outra coisa , completamente diferente.
RACISMO, OBJETIVO, DEFINIDO EM LEI.
PRECONCEITO, SUBJETIVO, NÃO DEFINIDO EM LEI.
No caso do Zidane foi um evidente preconceito,se é que ocorreu.
Pelo que sei não existe raça tunisiana.

Zeus disse...

Zidane foi até comedido em sua reação.

Antonio disse...

Deixando o futebol por um instante, CADÊ O UCHO.INFO ???

LCMarques disse...

E circula na 'grande rede' que o italiano disse que se não fosse campeão o francês viria jogar pelo Flamengo, aborrecendo-o.
Mas é maldade, coisa de quem não tem o que dizer...