domingo, 25 de setembro de 2005

OS SAMURAIS E OS IDIOTAS!

Há um velho provérbio japonês que diz que: ATÉ MACACOS, DE VEZ EM QUANDO, CAEM DAS ÁRVORES!, trata-se de simplesmente advertir que mesmo os mais hábeis podem cometer erros.
Há quem diga que se trate de um provérbio samurai.
Os samurais foram uma classe de eficientes guerreiros que dominou o Japão por oitocentos anos, do século XI ao XIX.
Os samurais tinham um rígido código de conduta e abominavam, entre outras coisas, a negligência, pois sabiam que no seu ofício não podiam cometer erros, em combate, uma falha, por menor que seja, significa a derrota e a morte!
Mas se dentre aqueles mais hábeis, era possível a ocorrência de erros, o que dizer dos idiotas, indivíduos pouco inteligentes e despreparados para tudo, que volta e meia, o destino, irônico e sarcástico, coloca em posições de mando e destaque?
Só a sorte, que os colocou ali, pode salvá-los de um desastre.
Se a boa fortuna não interferir, o curso natural dos acontecimentos levará o idiota, inevitavelmente, à ruína e à desmoralização total.
O maior problema dos idiotas é o costumeiro pecado da soberba, ela impede o idiota de tomar consciência de sua condição de desfavorecido intelectual, e assim, ele não consegue sequer tentar se libertar de sua estupidez.
Aprisionado pelas grades da arrogância e da prepotência, o idiota caminha, orgulhoso, embriagado e deslumbrado, para seu destino inexorável, o lixo da Humanidade!
Como o idiota sempre superestima seu próprio valor, se julga sistematicamente merecedor de cada vez mais prestígio, e é aí que entra a capacidade de bajulação.
Idiota é praticamente um sinônimo de bajulador.
O idiota bajula e gosta de ser bajulado, e assim se forma uma pirâmide hierárquica de idiotas bajuladores, pois aves de mesma plumagem voam juntas!
Outra característica clássica dos idiotas, é a total amoralidade e falta de caráter.
Quando pilhado em um dos (muitos) erros que comete, o idiota é incapaz de reconhecer e assumir sua responsabilidade e sua reação tradicional é tentar atribuir a própria culpa a terceiros.
Se possuir adversários (eles sempre os têm), melhor, o idiota joga neles suas culpas, engendrando teorias conspiratórias absurdas, o que tem a dupla utilidade de encobrir sua estupidez e seus erros e ainda tentar desqualificar aqueles que se opõem ao império da mediocridade.
Os samurais temiam mais a desonra do que a morte, por isso, diante de seus erros e da derrota, solicitavam a um amigo que lhes decepassem a própria cabeça.
Os idiotas, ao contrário, tentam cortar a cabeça de seus adversários, para lavar com o sangue alheio, a sujeira causada por sua própria estupidez!

10 comentários:

Elaine disse...

Por trás de cada idiota, existe um grande covarde! Muito bom esse seu texto!
Bom Domingo!

Anônimo disse...

Excelente texto, vou disseminá-lo por e-mail!
Nosso consolo é que a sorte dos idiotas inexoravelmente acaba.

Um abraço!

Marcos Vinícius

Augusto disse...

Realmente falta de caráter e amoralidade são características inerentes ao idiota.São incapazes de pedir desculpas pelo seus erros por uma eternidade.Agora quando existe a pirâmide de baba-ovos o negócio fica mais sério, porque nem as merdas cabais que ele faz servem de exemplo para seus pares, e assim continuará ele a fazer cagadas pela vida sendo aplaudido.Vide o exemplo de nosso presidente.

Alice disse...

Muito bom ,torço muito para que cada vez mais diminuam os " idiotas ".
Bom domingo :)

Ozéas disse...

Entrei aqui para comentar o excelente texto e que o divulgaria por e-mail, cheguei tarde, achei que tinha boas idéias sozinho.

inquieta disse...

Vc diz tudo. Nesse momento do Brasil a pusilanimidade virou virtude.
Um abraço e parabens pelo texto.
vera do val

LCMarques disse...

Como se diz em Pernambuco, você foi tampa.
Um texto apropriado para diversas figuras... Genérico o suficiente para que a carapuça sirva a muitos e objetivo para que possamos identificar muita gente.
Parabéns!

Ester disse...

Impressionante! Parabéns.

Anônimo disse...

pois e ,

errar eh humano e colocar a culpa no outro eh muito mais humano!

Eliane disse...

Interessante, caro amigo, que o seu texto reflete bem situações que nos tem sido apresentadas ao longo desses dias, desde o Governo Federal e sua camarilha de Dirceus, Marcos Valerio, etc... chegando agora a briosa Polícia Federal, que lamentavelmente é conduzida por alguns que não aceitam seus erros e sua incompetência sabida e difundida em nosso meio!