sábado, 10 de setembro de 2005

Eu não disse que a “coisa” estava ficando “preta”?


PAULO SALIM MALUF e seu filho FLÁVIO MALUF estão presos desde a madrugada de hoje em uma cela de 10 metros quadrados na carceragem da Polícia Federal em São Paulo.
Estão sozinhos na cela e, pela natureza dos crimes de que são acusados era de se esperar que a cela estivesse super lotada.
Afinal de contas, desvio de verbas públicas e remessa de dinheiro ilegal para o exterior é coisa comum ultimamente.
MALUF deve estar perguntando:
"CADÊ OS OUTROS?"

4 comentários:

LCMarques disse...

Algemar o Flávio, merecidamente, mas não se preocupar em pelo menos reter o passaporte do Duda é legítimo? E o Valério, Delúbio, Genoíno e seu irmão cueca?
Se é para fazer pirotecnia, que seja geral...

Alice disse...

Os outros estão arrumando as malas .

Elaine disse...

Não Alice. Os outros estão dando muitas risadas porque nosso país só pode ser piada. Há anos que escuto que Maluf está envolvido, nisso...naquilo...nessa ou naquela falcatrua e em outras "supostas corrupções". E só agora ele é preso? A quem interessa sua prisão nesse momento? Não que ele não tenha que ser preso, e sim porque já deveria ter sido preso há muito tempo. Mas enquanto era conveniente ao poder ele ficou no -eu neeeegoooooo!

Ricardo Rayol disse...

Ótima essa!