quarta-feira, 14 de novembro de 2007

¿ Porque no te callas?

Confesso que ando meio negligente na administração do VOX LIBRE e me penitencio por isso, mas devo dizer que é por uma causa justa.
Estava empenhado em terminar minha tese de doutorado e o prazo fatal se aproximava perigosamente.
Caso não apresentasse a tese até 31 de dezembro, perderia cinco anos de estudo!
Mas o caso é que terminei o trabalho e agora aguardo a entrega da encadernação, e devo despachar os volumes para Buenos Aires no próximo dia 19.
O tema da tese é BIOÉTICA E TUTELA JURÍDICA DOS ANIMAIS, e o papelório consumiu cerca de 345 laudas de papel e muitos neurônios.
Vamos aguardar agora a defesa da tese diante da banca!
Acho que tudo vai correr bem!
Posso voltar a me dedicar ao VOX LIBRE e entre tantas coisas a comentar me detenho no já famoso:
¿ Porque no te callas?
Pito aplicado pelo Rei de Espanha, Juan Carlos I, ao ditador venezuelano Hugo Chavez durante encontro Ibero Americano ocorrido em Santiago do Chile.
O vídeo fez sucesso na WEB e o áudio se transformou até em toque de telefones celulares.
Claro que a turma da esquerda, para defender o ditador da Venezuela, caiu de pau no Rei da Espanha, dizendo que é um absurdo que um monarca europeu queira calar um “líder” latino-americano!
Pura bobagem!
Essa turma da esquerda é mal intencionada ou é burra mesmo!
O Rei da Espanha, certamente, não está nada interessado na logomaquia do ditador venezuelano.
Estão descontextualizando tudo.
Hugo Chavez teve sua vez de falar, e atacou o ex-presidente da Espanha, José María Aznar, chamando-o de fascista.
Ao chegar a vez de falar do atual presidente da Espanha, José Luiz Rodríguez Zapatero, ele fez questão de salientar que embora não concordasse com as posições políticas de seu antecessor (Aznar), em ambientes democráticos havia a necessidade de se respeitar os adversários, e que Aznar havia sido eleito pelo povo espanhol.
O problema é que enquanto Zapatero falava, Hugo Chavez (mesmo com o microfone desligado), insistia em interrompê-lo, o que levou o Rei de Espanha a proferir o já famoso:
¿ Porque no te callas?
O “calaboca” que Hugo Chavez levou não teve nada a ver com ideologias políticas.
Foi um problema de pura e simples falta de educação!
Como todo mundo sabe:
Quando um burro fala, o outro abaixa as orelhas!!!

2 comentários:

* hemisfério norte disse...

ahahaha
adorei este blog, e este ultimo post está 5 estrelas. Engraçado q postei hoje um peq texto num blog q abri sábado (mas está muito cru, pois acho q ainda não entrei na onda do POETRIX) e q é baseado nesta frase. Isto pq aqui em Pt estão constantemente a falar nesta frase - nos orgãos de informação - e na vinda do ditador aqui.
Bjs deste lado do hemisfério
a.

Raul disse...

Só aqui nesse Brasil, Chávez tem advogados brilhantes, como esse Lula da Silva. Ele entrou na defesa de Chávez exatamente porque é isso que ele quer aqui. Uma "democracia" a la venezuelana.