quinta-feira, 22 de março de 2007

Finalmente vem aí, o "bolsa-infrator"!

Em 27 de novembro de 2006, o VOX LIBRE publicou um texto (é só verificar nos arquivos do blog), afirmando que depois do BOLSA-ESMOLA, poderíamos ter um BOLSA-ASSALTO.
É claro que se tratava de uma pilhéria, mas no país em que vivemos, mesmo as piadas de mais mau gosto podem se tornar uma realidade.
Nos referíamos então, à possibilidade do poder público instituir uma "ajuda de custo" para bandidos, para que os mesmos se abstivessem da freqüente prática de assaltar turistas, pelo menos durante os jogos panamericanos de julho de 2007!
Tratava-se de um objetivo nobre: diminuir o vexame internacional que já notabiliza nosso país na questão da insegurança pública!
O fato é que os jornais do último domingo nos disseram que o governo do Rio de Janeiro estuda a possibilidade de incluir no "bolsa-esmola" as famílias de menores infratores!
A idéia se baseia na tese de que adolescentes cometem delitos porque suas famílias estão desestruturadas em razão de carências econômicas.
Carência econômica, de fato, contribui para a criminalidade, mas não é um fator determinante!
Existem milhares de famílias com sérias dificuldades econômicas que se mantém íntegras, com todos os seus membros (inclusive os menores), vivendo honestamente, apesar das dificuldades.
Da mesma forma, o noticiário policial cotidiano nos mostra que há pessoas cometendo crimes (inclusive menores), sem necessidade econômica que justifique a opção pelo delito!
Os responsáveis pela morte daquele menino arrastado até a morte por ruas do Rio de Janeiro, eram oriundos de famílias de classe média baixa, sem nenhuma hipótese de que pudessem ser enquadrados nos critérios do "bolsa-esmola".
É claro que é boa e válida a proposta de ajudar famílias carentes para que seus adolescentes não cometam crimes, o preocupante é que as autoridades cariocas afirmam que no caso das famílias de menores infratores não preencherem os requisitos do "bolsa-esmola", poderá ser criado um programa estadual "alternativo" de ajuda a tais famílias.
Será que entendemos direito?
O governo estadual carioca vai providenciar ajuda financeira a famílias que de fato não precisam?
Será a institucionalização da piada do "bolsa-assalto"?
Parece que a idéia pode ser resumida assim:
Famílias que não souberam educar seus filhos serão "premiadas" com ajuda financeira!
É absolutamente insensato!
Em uma sociedade "normal", premiados são os que se comportam bem, e os que violam as normas de convivência são punidos!
Mas o Brasil cada vez mais se afirma como um país do non sense, onde vale TUDO, e TUDO pode acontecer!!!

7 comentários:

CAntonio disse...

Caro Rayol,


Se não houvesse o Bolsa Assalto Petiz estaríamos (elles, é claro) contrariando a Constituição (Todos são iguais perante a lei), já que os marmanjos criminosos recebem do INSS.

É a coerencia incoerente institucionalizada.

SDS.

augusto disse...

Incrível premiar essa gente! Sempre achei que o crime não compensa, talvez depois 1º governo moluscal esse ditado tenha mudado. Li na Veja que o "guerrilheiro" ganha 150.000,00 com consultorias, será que alguém acredita nessa piada...É... a grana amealhada foi grossa... Enquanto isso temos que nos contentar com os serginhos snif-snif, secretário Zé do caixão e tudo mais!Há ia me esquecendo já estão querendo moluscão por mais um mandato!O povo quer ele, pôxa, melhor mudar a Constituição e não ter mais limites para reeleições.O apedeuta é muito bom mesmo já estou convencido.

augusto disse...

AH! IA ME ESQUECENDO(correção do erro de português do comentário acima). Esse negócio de falar de petistas é complicado, porque a burrice acaba pegando!

tunico disse...

Rayol, o João Ubaldo Ribeiro domingo escreveu um artigo ótimo sobre este assunto. Postei parte dele lá no União e Ação

Pata Irada disse...

Os criminosos poderiamm também ser considerados guerrilheiros políticos lutando por seus direitos. Numa nice!

Patricio no Pilar disse...

Tomei um calote de Ciro Gomes em 2000 e até hoje não vi a cor da grana...fiz então um blog para anunciar com humor e contundência não só o calote como muitas facetas interessantes desse político cuja maior característica é não ter coerência alguma. O resto vocês julguem... e se gostarem espalhem o endereço por aí. Gratíssimo pela atenção...

Patrício no Pilar
http://cinevertigem.blig.ig.com.br

BRASIL ACIMA DE TUDO disse...

Aqui estão os 308 contra a CPI do Apagão Aéreo



Vamos espalhar os nomes Brasil afora



Qual é a sua tarefa, leitor amigo? Copiar esta lista, colar, botar no OrKut, no e-mail da namorada, do namorado, do ficante, do amigo, da amiga, do/a amante, do inimigo também. Imprima. Se for viajar, leva junto umas 20 cópias. Distribua àqueles que estiverem sofrendo com você nas filas, na sala de embarque, na poltrona ao lado. Quem puxa a lista do boicote à investigação? O PT. Vejam ali: 77 votos contra a CPÌ. Depois, vem o PMDB, com 65. Faça com que esta lista se multiplique em milhões de listas Brasil afora.


http://veja.abril.com.br/blogs/reinaldo/