terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

Os "meninos" do BRASIL!

É sempre a mesma coisa!
Toda vez que acontece algum crime de grande repercussão a justa indignação da sociedade se traduz em apelos por medidas que possam redundar num freio à crescente onda de criminalidade!
Há quem defenda o estabelecimento de pena de morte, outros desejam baixar a maioridade penal para 16 anos, outros ainda entendem que os apenados por crimes graves deveriam cumprir suas penas em regime integralmente fechado, sem qualquer benefício, enfim, há idéias de todos os tipos e TODAS devem ser respeitadas porque o cidadão contribuinte tem o democrático direito de se manifestar e não somente na época das eleições.
De parte contrária, surgem os “especialistas” de plantão, com direito a espaço permanente na mídia, que não se sabe ao certo se consciente ou inconscientemente, estão sempre ao lado dos desamparados delinqüentes!
Os “bandidólogos” são contra a pena de morte, contra a pena de prisão perpétua e para falar a verdade são contra até mesmo as penas de prisão.
Acham que cadeia não resolve o problema da criminalidade. Provavelmente acreditam que os criminosos devem ser deixados soltos para fazer o que lhes der vontade até que um dia vão se cansar de cometer crimes e se tornarão cidadãos de bem...
Até lá, a sociedade que se vire...
A tchurma então que é contra a diminuição da maioridade penal é de uma cara-de-pau impressionante, pois ninguém entende como é que um cidadão de 16 anos é plenamente capaz de exercer o direito de votar e ao mesmo tempo não tem o discernimento necessário para distinguir o certo do errado!
Como o pessoal que defende os direitos da bandidagem não está mesmo disposto a se envolver em nenhuma discussão séria, usam dois expedientes clássicos: em primeiro lugar desqualificam os que pensam diferente afirmando que suas idéias estão contaminadas pela paixão, em segundo lugar querem adiar a discussão, de preferência para sempre, ou melhor, para nunca!
A esse respeito se pronunciou com muito acerto o deputado federal FERNANDO GABEIRA, para quem, aqueles que não querem discutir mudanças na lei em um momento de comoção, na verdade não querem discutir o assunto nunca, pois a criminalidade chegou a um tal ponto de descalabro que não há mais momento que não seja de comoção!
Acerca do assunto “maioridade penal” o jornalista REINALDO AZEVEDO (clique aqui) , publicou um texto esclarecedor sobre a idade penal em alguns países do mundo, há ainda um link (clique
aqui), para se ter acesso a uma relação de diversos países e as respectivas idades consideradas para efeitos de responsabilização criminal, onde se pode observar que são muito poucos os países (que como o Brasil), mantém a idade penal de 18 anos.

5 comentários:

newton disse...

Pois é meu Amigo...

Só não entendi porque o "BRAZIL" não aparece na listagem orginal.

Você leu o texto que ele (Reinaldo Azevedo) explica como ganham dinheiro com a bandidagem ???

Anônimo disse...

O Brazil é como aquele soldado que marcha ao contrário de seus pares da tropa e pensa que os outros é que estão na direção errada. DEIXA O HOMEM TRABALHAR QUE ELE SÓ FAZ E DIZ MERDA!

Novinha de Taubaté.

Alice disse...

Revoltada ainda e muito ,1º os entendidos não querem, que se vote, pois a sociedade está movida pela comoção .
Pois lá vai, comoção é o ... podem queimar as pessoas vivas em onibus , matam casais adolescentes ,para roubar queimam uma familia inteira no interior e querem falar de comoção ? Se não for agora será quando ?to cansada de ouvir blá blá blá e não ver resultados , cansada de ler noticias de violência , de tanta maldade e ter que ouvir " é menor " , menor de que ? olha o tamanho , homens formados, que sabem bem o que fazem .Querem arrumar desculpas para tirar vidas , é o fim de td.
Eu perdi uma amiga ,faz tempo , da pior forma possivel ,quatro monstros ( tinha menor ) fizeram coisas que não vou colocar aqui ,que só de lembrar , as lágrimas escorrem, coisas que os animais não fariam , pq não são cruéis a esse ponto ...ai estão falando em comoção ...eu estou falando em dor ,em crueldade .
Eu só queria que meu País se importasse com as vidas , eu só queria que tivessem leis e as mesmas leis fossem firmes , onde todo crime fosse julgado,não importando a idade e nem a classe social .
Que a vida desse menino , não seja em vão !!!

Pata Irada disse...

Antonio

Por que não colocam uma bola de ferro no tornozelo e não fazem esses viventes consumidores trabalharem para pelo menos pagarem a comida que comem? Por que eles são tratados como parasitas?
Seria até mais digno, para eles, se sentiriam menos amebas.
Eu penso que um bandidaço, se provasse um bom comportamento na prisão poderia trabalhar fazendo como nos EUA. Claro que BEM VIGIADO.

bjs.

Anônimo disse...

A pergunta é muito simples, qual é a vontade do povo acerca da maioridade????? Todas pesquisas apontaram mais de 90% a favor da maioridade penal aos 16. Só não consigo entender porque o legislador que foi eleito para REPRESENTAR A VOLTADE DO POVO não representa. O argumento de que o povo é leigo e o legislativo deve operar com cautela sobre seus anseios, é uma tremenda fraude!!!!! Mesmo que tal argumento tivesse algum fundamento, porque não é aplicado quando o POVO LEIGO elege essas verdadeiras BESTAS para nos representar!!! Ops, desculpe-me, para representa-LOS.

Abcs
Rubone