domingo, 4 de fevereiro de 2007

O "circo" continua!

A foto acima mostra um cão ROTWEILLER da polícia militar carioca treinado para saltar através de um círculo de fogo sob o olhar admirado do secretário de segurança do Rio de Janeiro.

Quase ninguém entende que utilidade poderá ter tal animal treinado no combate à criminalidade.

O VOX LIBRE tem uma teoria: tal cão está preparado para fugir pela janela de um ônibus incendiado por traficantes de drogas!

Resta treinar os cidadãos para proeza similar em caso de necessidade!

Se não for essa a utilidade, pelo menos o espetáculo circense está garantido!

Na última terça-feira, dia 30, o secretário nacional de segurança pública, "padrinho" da vistosa Força Nacional de Segurança, esteve no Rio de Janeiro integrando uma comitiva do governo federal que veio vistoriar as obras das instalações dos Jogos Panamericanos!

Essas vistorias são sempre muito úteis, não somente fornecem assunto para a mídia como fazem os operários trabalhar muita mais rapidamente.

O titular da SENASP foi questionado por jornalistas (esses chatos de sempre) sobre os pífios resultados da ação da Força Nacional de Segurança que, atuando nas divisas do Rio de Janeiro desde o dia 19 de janeiro, NÃO CONSEGUIU PRENDER NINGUÉM!

O secretário nacional de segurança pública disse aos jornalistas, mais ou menos, o seguinte:

"Nós temos que entender que o policiamento ostensivo não tem a finalidade de prender ou apreender, mas contribuir para inibir no cenário trabalhado a partir da inteligência.

Esse é o papel!"

Continuando suas declarações aos jornalistas - que cobravam resultados concretos - de prisões de bandidos e apreensões de armas e drogas, o secretário disse ainda:

"Vocês tem que tirar da cabeça esta idéia, o trabalho da Força Nacional de Segurança é complementar!"

Ficou no ar a possibilidade de que a FNS venha a ter algum tipo de atuação nas áreas urbanas da cidade do Rio de Janeiro, onde a bandidagem continua a agir com a desenvoltura de quem não lê jornais, e portanto não sabe que a "temível" FNS está na área!

Mesmo que a bandidagem soubesse da iminência da "ação" da FNS, ainda assim, o risco do problema da criminalidade carioca ser resolvido seria mínimo, já que, no caso, "morrer de rir" seria apenas uma imagem de retórica e os bandidos continuariam bem vivos!

Em 18 de janeiro o VOX LIBRE antecipou que o trabalho dos policiais-turistas da FNS nas divisas do Estado do Rio de Janeiro, não contemplava o menor perigo de flagrar bandidos.

A ação amplamente anunciada faria com que cargas ilícitas fossem transferidas para trajetos por estradas secundárias, além do mais as cargas criminosas são engenhosamente ocultas em veículos a ponto de só poderem ser encontradas quando há um trabalho prévio de inteligência, e não através de uma vistoria de rotina em estradas!

O problema é que as declarações do secretário nacional de segurança pública não convenceram os jornalistas que começam a perder a paciência com a pirotecnia e exigem resultados.

O que os jornalistas querem é o reflexo das aspirações da população carioca, que a despeito da exortação do titular da SENASP, não querem "tirar da cabeça a idéia" de que trabalho produtivo da polícia significa "prender" bandidos.

Essa coisa de "inibir" é conversa para boi dormir e otário acreditar até porque, pelo que mostra o cotidiano e o noticiário diário, a tal ação da FNS não está "inibindo" NADA em termos de criminalidade!

O VOX LIBRE acha que é o caso de lembrar a famosa frase de Abraham Lincoln (1809 – 1865):
“Pode-se enganar todo mundo durante algum tempo, e certas pessoas durante todo o tempo, mas não se pode enganar todo o mundo todo o tempo".
O VOX LIBRE acha que o mais prudente seria tirar do cenário a tal FNS antes que algum estrago irreparável aconteça.
Há um velho provérbio mineiro segundo o qual "touro em curral alheio vira vaca"!

4 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Será que algum cidadão ficou aliviado em saber que um cão da polícia pula por entre arcos em fogo? Dormirá melhor? Quanto à FNS ir patrulhar a fronteira do Rio, locais onde realmente existem combates tremendos entre criminosos e inocentes cidadãos deve ser uma estratégia metafísica inexplicável.

augusto disse...

Pelo desespero deles na Av.Brasil na altura de Ramos, bem na frente do complexo da Maré, fica evidente o despreparo e o temor de encontrar com um "bonde" naquele sinistro local. Graças a Deus, não passou ninguém com cara de bandido pelo lugar, senão tomava logo um tirambaço. Os boinas vermelhas devem ser melhor preparados.

pentefino disse...

De que teria valido essa ineficiente FNS aqui em Sampa contra o PCC??? Então, para a petralhada, ela era a solução de todos os males.
Mas, tudo era farsa do Pinóquio MTB.
Certíssimo estava o Alkmin ao rejeitá-la, para não servir de cabo eleitoral do maior farsante de todos os tempos, o MULLA II.

Não é à toa que os petráquios estão agora caladinhos...

Enfrentar bandidos, prá valer, definitivamente não é com ela não. O crime não se combate com ações de propaganda, assim como não se governa um país com o gogó.

Já estamos CHEIOS e ENOJADOS DESSE PÍFIO TEATRO.

ABRAÇOS

pentefino disse...

AR:

Retifico o "TEATRO". Como vc postou, está mais para 'CIRCO" e...mambembe...