quinta-feira, 18 de janeiro de 2007

A Força Nacional de Segurança!!!

A FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA "desfila" para o governador dentro de um quartel...
enquanto o "pau quebra" nas cercanias do morro da Mangueira!!!
O jornalista Cláudio Humberto disse ontem, em seu site (www.claudiohumberto.com.br), que a tal Força Nacional de Segurança Pública é pura "pirotecnia"!
Justificou sua afirmação alegando que os 500 homens enviados ao Rio de Janeiro significam apenas 0,83% da força policial carioca, que conta com cerca de 60.000 integrantes entre policiais militares e civis.
Cláudio Humberto está correto!
Se a Força Nacional de Segurança fosse uma escola de samba levaria nota 10 em alegoria e nota zero em enredo, mas o problema é que vivemos em tempos em que tudo é marketing e politicagem.
Na manhã da última terça-feira, enquanto os 500 homens da FNS desfilavam para o governador Sergio Cabral no pátio de um quartel da PM no bairro da Sulacap, o pau “quebrava” no morro da Mangueira e adjacências (veja fotos acima) .
Depois de uma operação policial na favela que deixou o saldo de dois supostos traficantes mortos, a bandidagem resolveu se vingar e nada menos que 25 criminosos fortemente armados tomaram as ruas próximas do morro da Mangueira e incendiaram dois ônibus e dois automóveis particulares.
Pelo menos deixaram os passageiros saírem antes do fogaréu!
Mas a Força Nacional de Segurança não vai atuar dentro da cidade do Rio de Janeiro, que eles não são bestas nem nada, a cidade está cheia de bandidos perigosos que vão ficar a cargo dos policiais cariocas de sempre.
Os integrantes da FNS não vão correr o risco de furar suas vistosas fardas trocando tiros com traficantes, eles vão atuar nas estradas, em pontos nas divisas do estado, onde vão contribuir com a segurança pública retirando de circulação motoristas sem habilitação, com débito no IPVA ou com a lanterna do carro quebrada.
Se alguém acha que os integrantes da FNS vão encontrar cargas ilícitas de armas ou drogas é porque acredita em Papai Noel!
Qualquer policial sabe que essas cargas só são encontradas quando há um trabalho prévio de "inteligência"!
Cargas ilícitas que viajam por via rodoviária são bem escondidas, em fundos falsos de caminhões do tipo baú, ou bem camufladas no meio de uma carga normal.
E não se pode encontrar uma carga dessas revistando todos os caminhões, ônibus e automóveis que passam, isso não é possível em nenhum lugar do mundo.
Se a FNS “encontrar” alguma coisa será por conta de informação “dada” por algum serviço de inteligência (estadual ou federal), e a versão oficial será a de que a “carga criminosa” foi encontrada por acaso, tudo para “inglês ver” e justificar a atuação da FNS.
Além do mais, há outros fatos relevantes nessa história!
O jornalão O GLOBO da edição de quarta feira (ontem), divulgou que o governo federal deve gastar pelo menos 50 milhões com a atuação da tal Força Nacional no Rio de Janeiro em 2007.
Isso se os 6.000 homens vierem todos para o Rio de Janeiro por ocasião dos Jogos Panamericanos.
O tal custo se refere ao pagamento de “diárias” de 120 reais por dia o que dá um total de cerca de 3.600 reais por mês para cada integrante da FNS.
A FNS é composta por policiais militares oriundos de distintas unidades da Federação e os salários dos PMs não é o mesmo nos diferentes estados.
Além de seus soldos, variáveis segundo as patentes, e pagos pelos governos estaduais a que pertencem, os membros da FNS receberão as diárias de 3.600 reais mensais enquanto estiverem a serviço do governo federal no Rio de Janeiro ou em qualquer outro lugar onde forem mandados.
Enquanto isso, os policiais militares cariocas, que estão fazendo polícia de verdade e arriscando suas vidas trocando tiros com os bandidos, recebem cerca de 1.000 reais mensais líquidos!
Os 50 milhões de reais que o governo federal vai gastar com a FNS em 2007 (só pela atuação no Rio de Janeiro), talvez fosse mais bem empregado na qualificação, treinamento e remuneração dos PM’s cariocas!
Os policiais militares do Rio de Janeiro são “polícia de verdade” com “salário de mentira”, enquanto os membros da tal Força Nacional de Segurança são “polícia de mentira” com “salário de verdade”!

4 comentários:

augusto disse...

Se já está difícil para os policiais cobras criadas aqui do estado, como é que não ficaria para esses que vem fazer turismo remunerado por aqui.Porque não usam esse dinheiro para equipar, reciclar e pagar melhores salários para a PMRJ.Pelo menos triplicar o efetivo do BOPE para fazerem uma faxina na bandidagem? Se botarem essa Guarda aqui no município do Rio a bandidagem vai brincar com ela. Se eles não tiverem policiais daqui para supervisioná-los, para valer, irão acontecer tragédias como a que aconteceu com policiais federais durante a ECO-92.

Anônimo disse...

Quem sabe, sabe.

LCMarques disse...

Os Governos Estaduais que fiquem atentos.
Com o reforço vindo dos Estados a bandidagem carioca pode querer trabalhar fora do Rio durante o Pan e aí vai pegar as PM's vulneráveis.
Será que não dá para planejar a segurança falando menos?
Agindo com mais surpresa do que estão fazendo. Assim a brincadeira fica mais favorável aos ratos...

Alice disse...

Bem não entendo de "coisas da segurança pública", mas entendo em "querer ter segurança ",acho que toda ajuda é bem vinda , mas antes dos ajudantes chegarem , é preciso valorizar os que se tem , com salários melhores,armamento,pq herói só existe no cinema e nas estórias em quadrinhos ,a realidade é mais dura .
Bom dia :)