quinta-feira, 28 de dezembro de 2006

Rio de Janeiro "bombando" nas festas de fim de ano!

No ano de 2006 o estado de São Paulo sofreu três grandes ondas de violência promovidas por bandidos: em maio, julho e agosto!
Dezenas de policiais e cidadãos comuns foram mortos e feridos, mais de uma centena de "suspeitos" foram mortos pela polícia e uma enorme quantidade de outros "suspeitos" foram presos!
As autoridades paulistas ao menos sabiam exatamente o motivo dos ataques: a organização criminosa PCC "protestava" contra o isolamento de seus líderes em presídios de segurança máxima em um regime disciplinar rigoroso.
O poder público paulista não cedeu aos terroristas e os líderes do PCC continuam isolados até hoje!
Durante a campanha eleitoral o PT usou os ataques do PCC para alfinetar o PSDB, responsável pelo governo paulista!
Já se sabia que mais cedo ou mais tarde os ataques do PCC em São Paulo seriam copiados por criminosos de outros lugares do país.
Agora parece que chegou a vez do Rio de Janeiro!
Em apenas 24 horas criminosos cometeram 15 ataques a delegacias de polícia, postos da PM, viaturas policiais e incendiaram ônibus.
O saldo macabro é de 18 mortos e 30 feridos até o momento da publicação deste post.
Um ônibus que vinha do Espírito Santo com destino a São Paulo (apenas passava pelo Rio de Janeiro), foi atacado por bandidos e incendiado matando 7 passageiros que não tiveram tempo de escapar das chamas!
Ao contrário do que aconteceu em São Paulo, no Rio de Janeiro as autoridades não se entendem sobre a motivação dos ataques!
Autoridades do setor penitenciário dizem que os ataques foram promovidos por traficantes em protesto contra a atuação de "milícias" de policiais que ocupam favelas em caráter particular expulsando os traficantes!
Já as autoridades da segurança pública afirmam que os traficantes promovem os ataques temendo as modificações que serão implementadas pelo novo governo estadual que vai tomar posse em 2007!
É uma afirmação perigosa: quer dizer então que os bandidos estão "satisfeitos" com o atual governo?
As autoridades da segurança pública também asseguram que "já sabiam" dos ataques há pelo menos dois meses e que se prepararam para o evento, e que se não fosse assim, os danos causados seriam ainda maiores!
Que alívio!!!
As famílias dos 18 mortos certamente estão se sentindo bem mais consoladas em saber que os danos seriam maiores não fosse a "eficiência" da segurança pública carioca!
O comandante da Polícia Militar carioca também falou à imprensa, usou frases de efeito, muito úteis para quem não sabe o que vai dizer.
Disse coisas do tipo: enfrentaremos com coragem; não vamos recuar; a qualquer preço; e custe o que custar!
Depois disso tudo podemos todos dormir tranquilos, desde que não saiamos de casa!
Como já se sabe, não está dando para viajar de avião...
De ônibus nem pensar...
Você pode acabar incinerado!
Só quem ainda não deu declarações à imprensa foram os bandidos, provavelmente vão dizer alguma coisa do tipo:
TÁ TUDO DOMINADO!!!
Mas não se preocupe que é mentira, as autoridades garantem que está tudo sob controle... agora, no reveillon, no carnaval e nos jogos panamericanos!
Tudo não passa de uma "sensação de insegurança"!!!
O novo governador (que toma posse logo, em 2007), garantiu que vai acabar com essa esculhambação (ele é aliado do presidente LULA), disse que não vai titubear em convocar a "força nacional de segurança pública", uma tropa formada por policiais militares de várias unidades da federação que nunca foi testada em situação real de combate, mas que "fotografa" muito bem nos telejornais!
Só falta combinar com a bandidagem!!!

10 comentários:

Marcelo (sp) disse...

Parabéns pelo blog. A incompetência das autoridades é tamanha que merece ser descrita assim com ironia e deboche apesar da dramaticidade dos acontecimentos.

Anônimo disse...

Em resposta a Operação Abafa montada pelas autoridades, para abafar a divulgação dos tristes fatos, a população do rio de Janeiro está dando a seguinte resposta:
URGENTE - REPASSE AO MAIOR NÚMERO POSSÍVEL - FAÇA A SUA PARTE -
Parece que uma luz está se acendendo no fim do túnel, uma última esperança, um grito no ar. Está tomando força e se agigantando em uma corrente inédita pela internet, com a adesão maciça principalmente entre os joveno Rio de Janeiro. Uma corrente gigantesca está se formando pela internet, celular e correndo de boca em boca, de porta em porta. ESTÁ SENDO ANUNCIADA E COMBINADA POR TODOS A MAIOR PASSEATA E A MAIOR CONCENTRAÇÃO POPULAR JAMAIS VISTA NESTE PAÍS:

DIA 31 DE DEZEMBRO DE 2006 AS 13:00 HORAS
TODOS DE PRETO
SAÍDA EM FRENTE AO COPACABANA PÁLACE
AVENIDA ATLANTICA - COPACABANA
RIO DE JANEIRO
TODOS DE PRETO
A HORA É AGORA

Armando de Amorim Anache disse...

Caro colega 'blogueiro' (permita-me chama-lo assim)Rayol. Li atentamente a sua postagem e desejo cumprimentá-lo.
Só para informação e ilustração: Em 1985,1986 e 1987, quando fazia reportagens aí no Rio - e os tiroteios, envolvendo quadrilhas que disputavam territórios nos morros, infelizmente já eram uma constante -; ouvi de um delegado estadual, lá na Barra da Tijuca: "Não podemos subir os morros, são ordens do governo." E assim passaram-se os anos. Estamos no século XXI e, como já escreveu Maquiavel, "o mal, enquanto pequeno, é de fácil cura e difícil diagnóstico; mas quando espalha-se, é de fácil diagnóstico e difícil cura." Em 1990, comecei uma campanha contra as drogas na fronteira do Brasil com a Bolívia. Afinal, as folhas de coca não são cultivadas no Rio ou em São Paulo. Agora, os mesmos narcotraficantes promovem atos de terrorismo, vitimando civis desarmados e sem condições de opor resistência aos atacantes. Creio que, enquanto houver política partidária envolvida nessa questão, que afeta a todos, nada será solucionado. Falo com conhecimento próprio e sofrido. Mais detalhes em http://aaanache.googlepages.com/home , pois o meu comentário já está grande demais. Abraços respeitosos com os desejos de um próspero Ano Novo.
Atenciosamente,
Armando de Amorim Anache - Jornalista e radialista.

LCMarques disse...

Rayol, prefiro desejar que você passe com seus familiares e amigos uma ótima noite de Festa.

O assunto vai render e é como acidente de avião (aproveitando o momento). Não existe uma só causa mas várias para o incidente.

Milícias são a forma rotulada de segurança particular de pobre. De rico pode. Se tem extorsão, são outros quinhentos (R$). Já comentei aqui que acredito que crime organizado é igual a vans e moto-táxis por terem acesso a qualquer momento em qualquer lugar, transportando livremente o que querem. Um quilo de cd's piratas me parece, pelo que li, que rende mais que um quilo de cocaína. Milícias são da comunidade, traficantes pelas invasões, não.

Voltaremos ao assunto em 2007, depois de observar e discutir esse final de semana que promete. Moro em Jacarepaguá e ficarei atento. Você conhece o literata 'menininho' discorrendo sobre soluções em 1998? Eu mostrei.

Abraços e espero continuar a vê-lo na luta por uma Sociedade mais justa e melhor.

Preocupado disse...

Rayol. Mandei o texto abaixo pra todos os jornais. Nenhum publicou.

"Terrorismo Midiático - A Questão Social e Todas as Outras...
A violência está POUCA em nosso País. Este fato se explica por causa da sua imensa extensão continental, suas riquezas incomensuráveis e vazio territorial, muito embora a sua miséria seja comparável às piores que existem no mundo. Por estas razões demora séculos pra ocorrer uma simples convulsão social, enquanto nos outros países elas ocorrem em meses. Povo que tem a sua maior riqueza que são suas Crianças abandonadas e sofrendo todos os tipos de torpezas física, moral e psíquica, desde a sua concepção, como: estupros, prostituição, abortos de forma violenta e não tanto clandestinos (em cada 4 meninas menores de 17 anos, uma está grávida e abandonada nas sarjetas em todos os recantos do nosso país) e diversas outras mazelas, é um povo INFELIZ. Estas REALIDADES cultivadas no passado e ainda mais no presente vão sempre levar cada vez mais ao AUMENTO da violência, porque estas terríveis CAUSAS e ÚNICAS são os "MOTIVOS" e não sensibilizam minimamente as nossas carcomidas elites que governam o nosso povo há 506 anos. Quando surgem estes VANDALISMOS generalizados, todos previsíveis, a Mídia, cooptada pelo poder político-econômico-financeiro nacional e internacional se utiliza da poderosa e avançadíssima tecnologia da comunicação e informação para se tranformar em Meios de Enganação de Massa e, como subproduto dela, a nossa velha e conhecida "Imprensa Declaratória", que por ser altamente perniciosa e deletéria, não tem escrúpulos com as nossas realidades sociais e os nossos destinos. Repetindo à exaustão e falseando as realidades plantam notícias alarmistas e tendenciosas de acontecimentos e pseudoacontecimentos eivados de mentiras como "verdades" absolutas. Desviam a atenção de toda a população das grandes questões sociais e, com interesses escusos e mórbidos, infundem o pânico generalizado e o temor difuso (terrorismo midiático). Só enxergam as vantagens econônicas e financeiras fruto do perverso e doentio modelo econômico-financeiro excludente adotado pelos Governos. Sempre criaram e continuam criando "Comandos" factóides sem nenhum pejo: Comando Jacaré, Comando Vermelho, Primeiro Comando, Amigo dos Amigos, ...., PCC, TCC et caterva. Estes pseudoscomandos são tão inofensivos que não elegem nem um vereadorzinho e quando morrem não deixam nem um barraco ou uma bicicleta para seus inumeráveis filhos biológicos, todos miseráveis. Diferentemente dos antigos Comandos do Bicho, que, neste mesmo caso, sempre deixaram como herança propriedades no exterior, fazendas e imóveis no país; tinham o poder de eleger políticos do Executivo e do Legislativo nos três níveis e influir nas Instituições. Por fim o que é mais patente e definitivo: - Tratar de questões sociais com Polícia os resultados são simplesmente catastróficos e irreversíveis. Polícia é pra tratar de questões policiais. E quando participa de questões sociais deve atuar exclusivamente como Coadjuvante. Ela é apenas mais um órgão de um Sistema maior chamado Sistema de Segurança Pública que tem como meta a manutenção e preservação da Ordem Pública vigente. O nosso grande dramaturgo Nelson Rodrigues sempre diz: " Se todos estes fatos provam tudo isso, pior para os fatos". 15/05/06."

Santa disse...

Antonio Rayol,

"Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça..."
Mário Quintana

Desejo que 2007 seja o grande ano de sua vida...Bjs

Alice disse...

Não sei muito o que falar , só sei que qdo foi em SP , foi horrivel , pelo visto parece que o Rio está copiando direitinho ,com uma diferença , com mais crueldade , pois queimaram passageiros ...
Para as autoridades está sempre td sobre controle , certo ,no mubdo deles , pq no mundo nosso de pobres mortais a realidade é diferente .

Cathalá disse...

Belo Blog, colega.
No esnejo, convido pra visitar o nosso:

http://policiabrasil.blogspot.com

Att,

Cathalá

Anônimo disse...

Bem complicadas as coisas por aí. Pelo que percebo daqui, ou conseguem inverter a curto termo o que se está a passar ou o Brasil arrisca-se a ver o turismo decrescer repentinamente. A imagem que passa aqui é que a insegurança aí, para além de crónica, tende para se tornar aguda.

Anônimo disse...

Bem complicadas as coisas por aí. Pelo que percebo daqui, ou conseguem inverter a curto termo o que se está a passar ou o Brasil arrisca-se a ver o turismo decrescer repentinamente. A imagem que passa aqui é que a insegurança aí, para além de crónica, tende para se tornar aguda.