segunda-feira, 23 de outubro de 2006

Negócios de família!!!

A foto que ilustra este post já é por demais conhecida pois circula há meses na internet.
É de uma casa supostamente situada em um luxuoso condomínio na Cidade de São Bernardo do Campo em São Paulo e simboliza a melhoria de vida de um cidadão brasileiro que há três anos vivia com um salário mensal de 600 reais e hoje é um bem sucedido sócio de uma empresa que recebeu um aporte de capital de 15 milhões de reais de uma gigante do ramo da telefonia.
Para quem gosta de dizer que a vida dos brasileiros melhorou no atual governo da república a história acima é um prato cheio!
A coisa só começa a ficar esquisita quando se descobre que o tal brasileiro é filho do ocupante de um alto cargo público e sua ascensão social coincidiu com o tempo do exercício do tal cargo.
Fica mais cabeluda ainda quando se constata que metade do capital da empresa que injetou os 15 milhões é constituído por recursos de um banco público, que aplica o dinheiro originário dos pesados impostos pagos por todos os cidadãos brasileiros.
Há quem diga que a vida dos familiares de candidatos não deve ser objeto de discussão em campanhas eleitorais.
É conversa pr’a boi dormir!
Quando a vida dos familiares, e seus prósperos negócios financeiros, se confundem com o exercício do mandato político de alguns mandatários, o assunto passa a ser do interesse público.
O que até então parecia não ser nada além de mais uma lenda da internet finalmente foi investigado com minúcias por um grande órgão de imprensa, ganhando contornos ainda mais estranhos do que se especulava até agora.
Quem estiver curioso para conhecer toda a história basta conferir na matéria de capa da revista VEJA desta semana que se encontra nas bancas ou clique aqui.
Com a repercussão do assunto parece que o caso vai merecer afinal uma investigação por parte do Ministério Público.
Já não era sem tempo!

7 comentários:

Dejanira, a mulher donzela disse...

Até parece que essa reportagem da Veja é novidade. Você nunca ouviu falar em bolsa-família?

tunico disse...

Rayol, é verdade. Vai merecer investigação.Mas sabe de uma coisa? Investigações envolvendo pessoas ligadas a este governo não terminam nunca.E não dão em nada.Nunca.Isso é que me enfurece.Eu creio que se a sociedade responsável, trabalhadora, honesta, não se organizar de verdade e partir para cima desta cambada veremos cada vez mais este tipo de coisa daqui para a frente.E eles farão suas maracutaias sem medo de serem felizes.

augusto disse...

É incrível né? Na verdade o que segura esse homem no cargo, além das atitudes super demagógicas, é a sensação da maioria da população, sem estudo, achar que também pode chegar lá, pois o maior mandatário do país é um semi-analfabeto. Isso serve de alento às massas. No momento tenho a mesma impressão do TUNICO, podem até achar um corpo dentro da mala do carro dele que ele se safa!Mas, ele sendo eleito, como já disse um integrante do STF, não quer dizer que se está absolvido.

"anônimo???" disse...

Quanto vale?

Uma vida?
Uma infância feliz?
Um sonho?
Uma esperança?
Uma juventude saudável e radiante?
A certeza de um futuro promissor?
Um emprego e seus desafios profissionais?
Um casamento com a pessoa amada?
Uma família, filhos e netos?
Uma aposentadoria merecida e justa?
Uma velhice digna?
Uma morte serena?

E a maioria dos eleitores brasileiros tem a coragem de reeleger Lula?


PS: Quanto vale mijar no cocozinho
encefálico de cada um dos
petralhas e dos milhões de
eleitores “corajosos”?

Não tem preço...

Anônimo disse...

"SE DAR BEM" é a meta de vida de grande parte da população. Vai daí que o cara "SE DEU BEM" e porisso tanta gente vai votar nele !

Desde as a Capitanias Hereditárias que de hereditário deixou este gene que permanece até hoje e...

tunico disse...

Vamos lá Rayol. Divulgue, do blog da Saramar:Carta ao Presidente.

SENHOR PRESIDENTE LULA,
O MEU FILHO É UM RONALDINHO, O SEU NÃO É...


Hoje, caiu nas minha mãos a revista VEJA, e por Deus, chorei! Não sabia se minhas lagrimas eram de vergonha, de nojo, de tristeza, ainda não sei definir as lagrimas, sei apenas que me senti suja, pobre, podre, imunda e meu chão não existe mais, minha Pátria está banhada na vergonha, na lama.
Hoje, meu bom dia segue para o Presidente e para todos meus amigos
Meu filho, Senhor Presidente, é sem duvida um verdadeiro Ronaldinho, no dia 12 de maio desse ano, carregou em seus braços, o pai morto, um enfarto fulminante o levou, e meu filho herdou a loja do pai quase falida...Falida como estamos, quase todos os comerciantes daqui do sul. Sabe Presidente, fostes a ultima esperança de um povo, fostes a esperança perdida, e o que aconteceu? Nos encheu de vergonha, jogou nossos sonhos na lama, feriu a nossa dignidade, nos fazendo ter nojo até de nós mesmo por ter acreditado.
Por favor, Senhor Presidente, não menospreze mais minha inteligência, não me chame de burra por tabela, dizer que seu filho é um Ronaldinho, um fenômeno, não me faça sentir mais nojo que já sinto por sua pessoa.
Está na revista Veja, onde, seu filho como funcionário, um ano atrás do Zoológico, ganhando seiscentos (600) reais por mês, e hoje tem um merozinho patrimônio de mais de 5,2 milhões de reais. Qué qué isso Presidente?
Senhor Presidente, o meu Ronaldinho está sendo um fenômeno, herdou do pai uma loja praticamente falida graças ao seu desgoverno, o comercio anda de muletas, e o Senhor mente, dizendo que está uma maravilha esse seu governo...o pai do meu filho enfartou diante da realidade do seu comercio, e meu filho sem experiência alguma tem tentado salvar o sonho do pai, manter a loja aberta.
Sabe Senhor Presidente, agora choro, tamanha tristeza que toma conta do meu coração, quisera eu, pudesse retirar á força Jesus da cruz e pedir que me abrace, quando vejo meu filho sofrendo o que está sofrendo. Ele tem de altura mais de um metro e oitenta, eu sou baixinha e tenho que ficar gigante, quando ele me abraça e chora, coisa que o Senhor está pouco se importando com essa realidade, as lagrimas das mães brasileiras, pois, seu lema é levar vantagem em tudo, e mamar nessa teta do governo, sabendo que não será para sempre. Enquanto usa de táticas sórdidas para vencer mais essa eu, fico aqui me sentindo ofendida por achar que não mereço, um sujeito feito o Senhor, como presidente da minha Pátria...
Quando meu filho entra naquela loja, sente saudade do pai e chora! Mas pode ter certeza, Senhor Presidente, que meu filho vai vencer, por mérito, por competência, por ser honesto, por ser valente e batalhador, já é sem duvida, um verdadeiro fenômeno, ele não irá usar de "trafico" de influencia, para se beneficiar, e nem usar a maquina do governo para se tornar milionário em um ano.
O meu filho Senhor Presidente levará para sempre com ele a imagem do pai, um homem honesto, trabalhador, um lutador e sonhador.
Meu filho não ganhou nada de graça, nem vindo com o poder, nem com o dinheiro do povo brasileiro...ganhou experiência á força, diante do medo e da dor.
Velando o pai, meu filho em pranto me olhou e perguntou:
- E agora mãe, que vou fazer sem meu pai?
O que uma mãe responde Senhor Presidente, diante de um momento assim? Diante da perda, do medo e tamanha dor, mas é dor que fere, sangra e rasga a alma.
Entre o meu filho e o seu filho, Senhor Presidente, não há comparação, infelizmente seu filho tem o senhor como exemplo e vivo, tem como faze-lo subir com o que é nosso de direito, e somente o céu será o limite do seu filho, se por desgraça o Senhor seja eleito novamente...Não será o caso do meu filho, ele será como milhões de brasileiros, que luta, que são honestos, que são dignos, que são honrados e que são gente boa...e meu filho é sem duvida um fenômeno, e os filhos dos meus amigos e também os filhos dos milhões de brasileiros que sofrem, lutam e seus pais não estão mamando nas tetas do governo.
Senhor Presidente, errastes feio quando afirmou na revista Veja que:
" PORQUE NÃO PODE TODO MUNDO SER O RONALDINHO..."
Que coisa nojenta, mais uma mentira sua Senhor Presidente, mais uma vergonhosa mentira, seu filho não é fenômeno de coisa nenhuma, bem como o Senhor também não é um fenômeno, pois, passou sua vida toda em praticas obscuras para chegar onde chegou e mentir para uma nação inteira.
Seu filho está agarrado no saco do poderoso chefão e pôde em um ano aumentar seu patrimônio de 600 reais mês, para 5,2 milhões de reais.
Mais uma mentira sua, pois, Ronaldinhos-fenômenos são os jovens que levantam cedo, trabalham e estudam a noite. Ronaldinhos são filhos como meu filho, sem experiência alguma, amanhece e anoitece trabalhando, lutando, e se ainda não bastasse, os olhos cheio de lagrimas, tamanha saudade do seu herói, seu pai. Posso julgar o pai do meu filho sob alguns aspectos, mas não posso julga-lo de forma ruim quanto a ele ser um pai honrado, honesto, trabalhador e batalhador.
Me poupe Senhor Presidente de mais esse asco, de mais esse nojo. Ronaldinho Senhor Presidente, são os filhos dos meus amigos que terminaram a faculdade e não tem emprego, os que com esforço fizeram seus escritórios e ralam para manter uma clientela, e certamente levarão mais de dez anos para chegar ter estabilidade, mas claro, não são Lulinhas...
Mais uma mentira sua, afirmando que aumentou empregos.
Ronaldinhos Senhor Presidente, são aqueles jovens que ajudam seus pais para sustentar uma casa...Ronaldinhos são os filhos da Pátria amada e sabem que temos um governo deslumbrado, recheado de corrupção, e vergonhosamente sem lei, ainda assim, sonham, sonham e sonham.
Perdão Senhor Presidente, mas dizer que seu filho é um (Ronaldinho )fenômeno, em um ano aumentar seu patrimônio, de 600 reais (ganho no mês) para 5,2 milhões de reais, é mais uma mentira. O Senhor também não sabe nada, de onde veio toda essa evolução milionária de seu filho em apenas um único ano? Mentira que seu filho é um fenômeno, e olha Senhor Presidente, eu não estou afirmando nada, está na capa da revista VEJA, a foto do seu fenômeno e a matéria completa sobre essa monstruosa evolução milionária em um ano somente.
A mim, o Senhor não engana mais, e por Deus, vou lutar de unhas e dentes, caso a cegueira do povo lhe coloque novamente no governo, para que seja deposto, eu não mereço, meus pais não merecem, meus irmãos não merecem, meus amigos não merecem, e milhões de brasileiros que estão contra sua postura de mentir sempre não merecem seu desgoverno, corrupção e mentiras.
Em outra ocasião escrevi o que me levara votar em Geraldo, e por incrível que pareça recebi somente uma única reclamação, onde a moça se refere que uma amiga é ACT e fala mal de Geraldo...aproveito o momento para dizer que minha irmã é pedagoga e pós graduada e é ACT, e está desempregada, e ela é "catarinense", não mora em São Paulo não.
Hoje, dedico meu bom dia para o Ronaldinho do Lula, o fenômeno do Lula, e num lamento profundamente e ardido, digo, acorda Brasil.
Digo que, mais uma vez Lula pisou na minha inteligência, na minha dignidade, na minha honestidade, sabendo que fenômeno não é o filho dele, e sim nossos filhos que não tem a maquina do governo por trás deles, nossos são fenômenos por sua luta, por suas lagrimas, por sua determinação e coragem de viver num país sem lei...
Para quem estiver lendo agora, se não está entendendo, por favor, leiam a revista Veja - edição 1979, dessa semana..também na pagina 54, há algo escrito que também me dá muito medo (...)" Ele está inquieto...Lula: medo do que pode acontecer depois das eleições"
Eu, sou uma dessas pessoas, que nunca vou me conformar com tudo isso e pior é saber que, vou pagar o preço pelo erro dos outros, como já estou pagando, também sou comerciante e trabalhando no vermelho desde ano passado, todo dia com esperança de melhorar, e o fenômeno do Lula dá um saltinho pequeno de um ganho mensal ( onde era monitor no Zoológico) de 600 reais, para 5,2 milhões de reais.
NUM ANO SOMENTE, REPITO, EM UM ÚNICO ANO, DE 600 REAIS MÊS, PARA 5,2 MILHÕES DE REAIS...ISSO É BRASIL?
Lamento profundamente decepcionar o presidente, afirmando que seu filho não é e jamais será um fenômeno, o meu filho e os filhos de milhões de brasileiros são sem duvida fenômenos, são Ronaldinhos, só não vou dizer o que realmente penso do filho-fenômeno do Lula, por uma mera questão de educação, pra mim esse fenômeno tem outro nome, e nada simpático.
Se fosse na época que eu era jovenzinha, certamente eu gritaria, berraria aos quatro cantos da minha amada Pátria:
- MORRA FENÔMENO DO LULA E VIVA OS FENÔMENOS, OS FILHOS DE BRASILEIROS LUTADORES E HONESTOS.
Hoje, amargando mais essa vergonha, meu bom dia segue também para os "verdadeiros" fenômenos, o meu filho, os filhos dos meus amigos, e os filhos de todos os brasileiros que nesse momento temem como eu, esse homem novamente no governo.
Bom dia mesmo amigos, e logo á noite durmam com mais essa vergonha, se conseguir!

Bom dia mesmo para todos
Marillena
Videira - Santa Catarina
blog: http://sou-sul-sou-brasil.blogspot.com/

pentefino disse...

Não há dúvida de que estamos mesmo vivendo o ESPETÁCULO DO CRESCIMENTO...da "famiglia" Lulla da Silva.
Enquanto o pai de regala no AEROLULLA, pago pelo povo e finge que trabalha no Palácio do Planalto, o "fenômeno" Lullinha, jovem ainda, mais já dono de um patrimônio de 15 milhões amealhado em um ano e pouco "a duras penas", conseguiu comprar a cinematográfica e espetacular mansão, que nada fica a dever a um palácio.
Sabem de quem ele "comprou"? Da mãe do desembargador paulista nomeado por último por Lulla para ser Ministro do Supremo Tribunal Federal...
Aí tem...