quarta-feira, 20 de setembro de 2006

Essa nem FREUD explica!

A imprensa escrita atravessa uma crise.
As vendas dos jornais caem dia a dia e há quem culpe a INTERNET!
A possibilidade de tomar conhecimento de notícias em tempo real na WEB estaria "roubando" leitores tradicionais dos jornais.
Na INTERNET é possível "ler" jornais do mundo todo a qualquer hora e tomar conhecimento de notícias quase no exato momento em que elas acontecem.
Alguns dizem que a WEB vai acabar com os jornais de papel, como já disseram que vai acabar com os livros.
É puro exagero!
Quando a televisão surgiu houve quem apostasse no fim das rádios e isso não aconteceu, as emissoras de rádio se adaptaram e provaram que são um formato de mídia que tem seu próprio espaço!
Não competem com as TVs!
O mesmo começa a acontecer com os periódicos que buscam novos formatos, enxugam custos e baixam seus preços.
Vão acabar encontrando seu próprio espaço a fim de não competir com a grande rede.
Em termos de corte de gastos o atual panorama político nacional parece estar disposto a dar uma grande contribuição pois as redações dos jornais não precisam mais ter profissionais cobrindo o noticiário policial e outros cobrindo o noticiário político.
Agora virou tudo a mesma coisa!
As páginas políticas são puro noticiário policial!
Não é possível abrir as páginas de um jornal um dia sequer que seja sem deparar com uma notícia de natureza política que tem uma vertente no Código Penal.
Essa semana, por exemplo, está rica de exemplos:
Foram descobertos "grampos" telefônicos nos gabinetes de ministros do TSE - Tribunal Superior Eleitoral, órgão que tem a atribuição de organizar e realizar as eleições do próximo dia primeiro de outubro!
A quem interessa "grampear" os telefones de ministros do TSE?
A algum tipo de banditismo "chapa branca"?
Por outro lado a Polícia Federal prendeu em um hotel da capital paulista, duas pessoas ligadas ao partido do governo, com 1,7 milhão de reais em dinheiro vivo e em notas seriadas (parte em dólares norte americanos), que seriam usados na compra de um dossiê que conteria denúncias graves contra dois membros e candidatos de partidos da oposição!
O dossiê estaria sendo "vendido" por responsáveis pela máfia das "sanguessugas", que vendiam ambulâncias superfaturadas e pagas com dinheiro público!
Como hoje se sabe que o tal dossiê só continha fotos que já eram do domínio público e até um CD "vazio" (oferecido como contendo "documentos comprometedores"), tudo indica que era nada menos que um estelionato.
Um caso clássico de picaretagem baseado no velho adágio de quem rouba de ladrão tem 100 anos de perdão!
De onde saiu o 1,7 milhão de reais?
Era dinheiro público?
Por que não foi liberada a foto do dinheiro?
Em 2002 a foto amplamente divulgada pela mídia de uma mesa com pilhas de dinheiro sepultou a pré campanha de ROSEANA SARNEY à presidência da república!
Como em outras operações recentes da Polícia Federal fotos de dinheiro apreendido sempre foram divulgadas é o caso de se perguntar porque mudou o padrão!
Principalmente porque a Polícia Federal "liberou" para a imprensa os dados do tal dossiê, mas não as fotos da dinheirama.
Quem comandou a tal operação da compra do dossiê?
Segundo o noticiário o principal suspeito é um secretário particular, elemento da esfera íntima do presidente da república (e candidato à reeleição), o qual provavelmente NÃO SABIA DE NADA!!!
Aliás, quando o escândalo começou, o candidato à reeleição disse que quem quisesse praticar "bandidagens" não contasse com ele como "parceiro".
Está certo.
Afinal de contas não se deve confundir as coisas, "parceiro" é "parceiro" e "chefe" é "chefe!!!
No meio de tal "imbroglio" há ainda a hipótese de que uma revista semanal (especula-se que seria a ISTOÉ), estaria envolvida no "financiamento" do dossiê, já que sua última edição trouxe uma reportagem com denúncias contra políticos do PSDB como envolvidos no escândalo dos "sanguessugas".
Líderes da oposição aproveitaram a oportunidade para dizer que não é possível descer ao submundo do crime sem encontrar alguém do partido do governo!
Por mais incrível que pareça, tudo indica que é verdade!
Espera-se que uma investigação isenta esclareça mais essa "cabeluda" história e o TSE já aceitou uma representação de partidos da oposição para iniciar um procedimento formal a respeito.
Há de chegar um dia em que políticos e militantes de partidos tenham currículo e não prontuário policial!
A respeito do mais novo escândalo da república do partido da estrelinha vermelha clique abaixo e assista os comentários sempre oportunos e agudos do alcaide carioca.
Você pode até não não gostar do CESAR MAIA, mas não há a menor dúvida de que ele sabe o que diz!

8 comentários:

Ester disse...

Ah!.. Se você você pudesse dizer aqui tudo o que sabe...
Mas é compreensível que não o faça.
Dever de ofício.
Não faz mal. Só o fato de sabermos que existe na Polícia Federal pessoas que pensam como você, já é um alento, num país onde quase todos estão vendidos.
Cuide-se bem!

Serpico disse...

Nessa historia tem muita gente envolvida: delegado da PF, Ministro, Deputados, Senadores e ate O Pseudo Presidente Lulla. CADEIA NELES. Só assim vamos passar o Brasil a limpo!

Anônimo disse...

Amigo Rayol, a verdade é uma só, esses petralhas só pensam em uma única coisa: permanecer no poder custe o que custar , doa a quem doer . O que importa é concentrar o poder neles e em mais ninguém, assim como aconteceu em Cuba e Venezuela.

abcs

Rubone

tunico disse...

Dr. Rayol, estou aqui pedindo um favor. Vamos colocar em nosso blogs uma nota de repúdio ao massacre que Sarney está fazendo com a jornalista Alcinéa Cavalcante do Amapá?
Veja o blog dela agora.(http://alcineacavalcante.blogspot.com)

Sugiro que todos os blogs postem esta nota amanhã ao meio-dia simultaneamente.Me ajude a divulgar, inclusive em blogs de alta divulgação como do Reinaldo Azevedo, do Noblat, do Josias, enfim, de todos aqueles que são a favor da liberdade de expressão.OK?

tunico disse...

Rayol, segue o link da Alcinéa;

http://alcineacavalcante.blogspot.com/

tunico disse...

Desculpe, amigo. li rápido demais. O email dela é

alcinea.c@gmail.com

Alice disse...

Cada vez mais passada :(
Bom dia

Serpico disse...

Parece ser que o tal do dossie incrimina mais ao PT e seus aliados do que ao PSDB/PFL. Por isso a pressa dos lugartenentes de lulla em "comprar" em esconder seu conteudo. Por conta desse escándalo que o PT entrega tantas cabeças importantes. Para todo mundo ficar calado.