quinta-feira, 11 de maio de 2006

Vontade de proibir!

Podemos realmente nos sentir orgulhosos de nossos parlamentares!
Alguns estão realmente preocupados com nosso bem estar e nossa paz espiritual.
O deputado federal SALVADOR ZIMBALDI do PSB/SP (na foto acima), por exemplo, quer proibir, em todo o território nacional, a exibição do filme O CÓDIGO DA VINCI.
Já tentou uma medida cautelar na justiça, não arrumou nada, mas continua insistindo em conseguir outros meios para ter sucesso em sua cruzada particular.
O parlamentar invoca o princípio constitucional da liberdade de culto religioso, alegando que o filme ofende a crença dos católicos.
Para começo de conversa o deputado está chegando meio atrasado, pois o livro que inspirou o filme está vendendo muito (há meses) no Brasil e ninguém até agora havia tido a idéia de proibir sua circulação.
Por outro lado o deputado deveria ler a constituição toda, descobriria que ela também garante o direito de liberdade de expressão e a liberdade do exercício da atividade cultural, científica e artística.
Também descobriria que a constituição de 1988 aboliu a censura sob todas as suas formas.
O Brasil hoje não precisa nem quer prepostos do Estado para analisar e dizer o que é que os brasileiros podem ou não assistir na televisão, no teatro ou nos cinemas, ou o que é que os brasileiros podem ler ou ouvir.
Mas sempre pode haver uma recaída na vontade de censurar aquilo que não agrada aos “donos” do poder e o atual governo já deu mostras de que tem uma certa “queda” por esses vícios autoritários e isso ficou provado quando cogitou expulsar o correspondente LARRY ROHTER e tentou criar um soviet (palavra russa para conselho) para controlar a imprensa!
O deputado também esquece que nem todo cristão é católico e que nem todo mundo no Brasil é cristão.
No Brasil há muçulmanos, judeus, budistas, adeptos de religiões de origem africana e até mesmo aqueles que não acreditam em nada!
Todos devem ter o direito de escolher se devem ou não entrar em um cinema para assistir O CÓDIGO DA VINCI!
Eu quero ter o direito de assistir tal filme se quiser e não dou a ninguém o direito de tirar conclusões em meu lugar!
O livro já li e confesso que me decepcionou um pouco, acho que esperava coisa melhor em vista de sua grande vendagem, a mim pareceu uma espécie de "colcha de retalhos" de livros de suspense, enfim, já gastei dinheiro em coisas piores.
O livro de DAN BROWN é uma obra de ficção e assim, mistura verdades com a criação inventiva do autor.
Quem leu o livro e acreditou que tudo o que está escrito ali é a pura verdade precisa procurar um terapeuta com urgência.
Ou o tal deputado está querendo melhorar a bilheteria do filme ou está querendo aparecer, o que em parte já conseguiu, porque eu pelo menos, nunca havia ouvido falar dele!
Deve ser falta do que fazer no congresso!!!

7 comentários:

LCMarques disse...

Você deve ter lido Erich Von Daninken (não tenho certeza da grafia, já faz algum tempo) com seus livros, entre os quais "Eram os Deuses, astronautas?" que criou uma polêmica nos meios religiosos.
Não conheci ninguém que mudou suas convicções em função da leitura.
Acho que sempre existirá alguem querendo chamar a atenção dos eleitores, veja o cara da greve de fome, atualmente.

Antonio Rayol disse...

Eu li TODOS os livros do Von Daniken!
Não foi por causa dele que hoje não acredito em NADA!

Elaine disse...

Pois é, ano de eleição eles fazem qualquer coisa para aparecer. Que coisa rídicula!!
Há muitos anos não tenho religião, reconheço Deus como uma grande energia; Jesus como um homem evoluído e que quis nos mostrar um caminho e, em parte para a época conseguiu. Talvez, sem a sua passagem na história, independente, dessa ou daquela "história contada" o ser humano há muito já tivesse atingido a bestialidade total.
Além da energia maior acredito na força da natureza e de seus sinais e, que só no dia que a compreendermos, quem sabe, chegaremos a DEUS. E até onde sei e entendo, o meu "Deus" jamais me proibiria de ler, ver, ouvir ou sentir o que quisesse. A decisão é particular de cada um.
Quanto ao livro eu achei interessante lê-lo, assim como cavalo de Tróia que muito antes de DAN BROWN já mostrava um outro "Jesus" menos mistificado, basta interpretar as palavras de Jasão.
Enfim, vou ver o filme, Tom Hanks é sempre uma boa pedida.

Sds...Elaine Paiva

Elaine disse...

Obs: Para quem não leu "Operação Cavalo de Tróia (1)" de J.J. Benitez, jasão é o personagem principal que volta ao passado, alguns dias antes da cruxificação de Jesus e narra o seu encontro e com o "Filho de Deus". E, embora haja alguns exageros nesse encontro, é muito interessante a visão de Jasaõ.

Anônimo disse...

Hipocrisia, demagogia. Esse deputado apenas quer votos de cristãos, sejam católicos, evangélicos, pentescostais ou tico-tico no fubá. Hipócrita e demagogo mil vezes pior é esse que tentou a sorte em algumas eleições, até que conseguiu ser eleito... e terminar enrabado pelo índio Morales!

"Morales" nessa, Lula?

Jarbas Cordeiro de Campos disse...

Evo Morales está cheio de coca. Está pra lá de Bagda. Quer transformar a Bolivia no Iraque sulamericano. Mas com certeza não vai ser pela invasão Brasil/Argentina. Penso que não.

Agora leia esta ai em baixo e veja a coragem do Guia:

Solidez democrática
A estabilidade política no Brasil é tão sólida que o inimaginável, acontece. O Senador Renan Calheiros ex-da tropa de choque do Collor e o então vice-presidente sucessor Itamar confabulando ou parlamentando. É Lula testando sua autoridade e representação popular. A historia de Jango foi diferente. É, realmente o Brasil mudou para melhor, os historiadores que registrem.

Renan Calheiros e Itamar Franco, este ultimo sentado na cadeira do presidente. O que pensam ? E o que poderia fazer, diante dos fatos e da realidade brasileira é inimaginável. Renan da tropa de Collor e Itamar vice do então. Tentações. O transitório e o temporário especulando sobre a situação do ocupante que abriu caminho para os dois e hoje se vê na berlinda, tido e havido pela oposição por responsável pela bandalheira governamental e congressual. É tentador, para os dois. Dali de onde estão por telefone, com poucos movimentos, Lula não poderia voltar ao Pais e quem achar ruim vai preso, seja do MST ou da CUT. É pura imaginação, mas já foi realidade.

Lula é maluco. Arriscar entregando a Renan a Presidência com Itamar por perto e com José Sarney apoiando. Quero o Lula fora de lá, mas não desse jeito.

Fonte: jornalista Jarbas Cordeiro de Campos,
em 10/05/2006, no Blog Brasília em Foco





.

Alice disse...

Eu li o livro e nem por isso , vou deixar de acreditar, de ter minha crença ,eu não sou obrigada a acreditar em td que eu leio, vejo ,se fosse assim então não teriamos novelas , propagandas ...
Na verdade mesmo esse deputado deveria estar mais preocupado em votar uma lei proibindo a releição deles , pois esse deputados ai envolvidos em tantos escandalos, fazem a Sociedade !!!
Vai caçar o que fazer, vai lavar um tanque de roupa :(