segunda-feira, 29 de maio de 2006

Pesos e medidas diferentes!

Mc Colibri em foto da Folha de São Paulo
Podemos todos, finalmente, dormir mais tranqüilos no Rio de Janeiro!
O cantor de funk Pedro Jorge Lopes, de 38 anos, o MC Colibri, foi preso na noite de 23 de maio na casa dele, em Jacarepaguá (zona oeste do Rio), suspeito de envolvimento com uma suposta quadrilha de tráfico de drogas que agia no Rio e em Niterói. O MC foi preso por força de um mandado de prisão temporária (válido por 30 dias), expedido pela 5ª Vara Criminal de Niterói pelos crimes de tráfico de drogas e associação para este fim.
Segundo a polícia carioca, Mc Colibri faz apologia de drogas em algumas de suas músicas e se relaciona com traficantes de drogas.
Mc Colibri é um negro, favelado, que vem fazendo sucesso cantando em bailes funk em comunidades carentes.
Suas músicas são letras de duplo sentido de péssima qualidade mas que levam ao delírio enormes platéias de jovens descerebrados, e quem quiser conferir é só pesquisar em sites de letras de músicas que podem ser encontrados com facilidade no Google!
Mc Colibri, embora faça sucesso, continua excluído por não ter ainda conseguido romper as fronteiras do circuito artístico das favelas, como já fez sua congênere a Tati Quebra Barraco!
Que Mc Colibri se relacione com traficantes ninguém duvida, senão não cantaria dentro de favelas, pois até políticos precisam de autorização de traficantes para fazer campanha dentro de favelas.
Com relação ao fato de suas músicas fazerem apologia ao uso de drogas qual é a novidade?
Há muitas músicas que fazem a mesma coisa!
Lembro-me de uma cantada pelo grupo Barão Vermelho (ex-Cazuza), onde o vocalista Roberto Frejat canta mais ou menos assim:
"vou apertar
mas não vou acender agora
se segura malandro
p`ra fazer a cabeça tem hora..."

E por aí segue a música, com notórias menções ao ritual de acender e fumar um cigarro de maconha!
O cantor e compositor Chico Buarque há pouco tempo declarou ser favorável à liberação do uso de drogas, com o que concorda publicamente o também cantor e compositor Gilberto Gil (que também é ministro da Cultura), que também há pouco tempo declarou haver fumado maconha durante muitos anos o que, segundo ele, não lhe teria feito mal algum!
Mas tudo isso pode ser debitado na conta da liberdade de expressão e de criação artística!
E quanto ao Mc Colibri, funkeiro negro e favelado?
Ah... Esse é bandido mesmo!

9 comentários:

Anônimo disse...

Pesos e medidas diferentes provocam o fortalecimento das organizações criminosas. "Tabela de preços" para manipular pesos e medidas gera impunidade, mais e mais corrupção. Alguma dúvida?

Existe corrupção no país onde a JUSTIÇA garante liberdade aos "figurões" criminosos confessos, até que a sentença condenatória seja confirmada daqui há muitos e muitos anos?

QUE PAÍS É ESTE? Esse do Lula e seu "honesto, ético, moral e transparente" PT?

QUE PAÍS É ESTE, onde conseguiram emplacar a seguinte "lógica", aceita pelo povo sob cabresto eleitoral? ---> "Onde a corrupção é a unidade única na tabela de preços dos pesos e medidas, então Lula e PT não são corruptos e, caso fossem, não seriam mais corruptos que todos os outros corruptos. Ora, onde todos são corruptos, corrupção não é mais imoral e ponto final! Lula e PT são honestos e merecem os votos de todos os honestos cidadãos!" ???

"QUE BOM, JUSTO E SÉRIO PAÍS É ESTE?"

"BRASIL, MEU FILHO. BRASIL! AME-0 DO JEITO QUE ELE É. OU DEIXE-0 PARA A FELICIDADE DOS CORRUPTOS!"

Augusto disse...

Porque o Buarque é a favor das drogas eu entendo, suas músicas são propriamente drogas. Como ele pode ser contra coisas que ele compõe. Quanto ao preconceito aos negros é mesmo uma atitude nojenta e covarde desdenhar dos outros por causa da cor da pele. O pior é que aqui no Brasil o que mais tem é gente nojenta e covarde.

Elaine disse...

Não desfazendo do trabalho da polícia e muito menos achando que o MC Colibri é apenas fruto dessa sociedade injusta em que vivemos já que todos os dias temos a chance de tomarmos nossa decisão de seguir pelo caminho certo ou errado. Entretanto, confesso que gostaria que a polícia tivesse essa mesma disposição para pegar "traficantes", princiaplmente aqueles que estão atrás de uma mesa em uma sala com ar condicionado numa postura de cidadão acima de qualquer suspeita quando na verdade são piores do que aqueles que não tiveram oportunidades - e não escolhas - de seguirem o caminho da retidão. Sds...Elaine Paiva

Anônimo disse...

Queria apenas resaltar que, a musica, regravada e atribuída ao Barão Vermelho " Malandragem Dá um Tempo", é de autoria de Bezerra da Silva um dos percursores do Samba e do chamado sambandido. Entre outras pérolas do seu repertório temos: "Seqüestraram Minha Sogra", "Defunto Cagüete", "Bicho Feroz", "Overdose de Cocada", "Malandro Não Vacila", "Meu Pirão Primeiro", "Lugar Macabro", "Piranha", "Pai Véio 171". Esta apologia em músicas vêm de longa data, e imagino que pouca influência tem mas é mais fácil "combatê-la" do que razões que levam ao consumo da droga. (falta de perspectiva, traficantes, policia corrupta etc..)

Zeus disse...

O governo federal é o primeiro a agir assim, todo mundo lá rouba, mas bastou a negona Benedita fazer uma viagem às nossas custas para a Argentina, que chutaram a bundona gorda dela de lá. Nessa época todos fingiam ser muito honestos e éticos. Sobrou para a negona é ou não é racismo?

Anônimo disse...

Desculpe. Mas discordo integralmente de seus comentários. Pelo que li nos jornais. o tal MC não foi preso apenas por causa da musica e tambem por ter sido flagrado em escutas com o Chefe da facção que ele faz apologia. Tendo inclusive afirmado que fez o "show" com o cordao do traficante chefe para dar-lhe ainda mais legitimidade na favela. Ademais o mesmo tinha cocaína em casa. fora isso foi localizado e identificado um jovem corrompido por tal música sendo que cada vez que a facção tomava uma favela ele fazia uma música para "comemorar" desaficando o poder publico e ameaçando traficantes rivais (Dendê é TCP, Sapo e TCP) há ainda músicas que ele exalta o fato do TCP "cortar pernas e braços de pessoas com o facão amolado" e para piorar já havia sido prso em flagrante anteriormente por receptação.
Acho que nessa vc mandou mal! Estava mal infrmado ao escrever. Desculpe. Mas é essa minha opinião. Liberdade de expressão tem limites. Sob pena de termos que aceitar em um futuro breve um site oficial do crime organizado e um hino nazista pregando morte aos negros e judeus!

Anônimo disse...

Apoio o anônimo. Direitos humanos e liberdade de expressão no Brasil tem sido para bandidos!

Anônimo disse...

Aki não estou defendendo o colibbri.Quantos politicos safados estão estão envolvidos com o trfico de drogas no Brasil, mas so por que o colibri ta fazendo sucesso....

Anônimo disse...

Eu nem sei quem escreveu isso ai em cima
mais o seu jeito de digitar é de um modo racista
no final vc escreve que tem certeza que ele é bandido
ta certo ele é
mais o seu jeito de escrever é meio estranho
e jovens descerebrados
olha o que vc fala
quem fala o que qué
escuta o que não qué
não to defendeno ninguém
mais direito de se expressar não é isso
pode se expressar mais com respeito as pessoas