segunda-feira, 20 de março de 2006

SIGILO BANCÁRIO???

Não sei quem ainda se lembra, mas o depoimento decisivo para o impeachment do presidente Fernando Collor foi o de um motorista chamado Eriberto França, que contou a estória da compra de uma perua Fiat Elba com dinheiro de caixa 2 de campanha.
Na época o PT se descabelou, mas hoje o mesmo PT acha normal dinheiro de caixa 2.
O fato é que agora aparece um outro FRANÇA, o Francenildo (foto acima), ex-caseiro de uma mansão em Brasília onde se reuniam os membros da “república de ribeirão preto”, segundo se diz, amigos e assessores do ministro Palocci para fazer coisas que ninguém pode saber o que eram.
Francenildo quer contar o que sabe, mas o PT não quer que ele fale!
Francenildo desmentiu o poderoso ministro Palocci, que é chefe do ministério da Fazenda, a quem está subordinada a Caixa Econômica Federal onde Francenildo tem uma conta poupança.
Palocci dizia que nunca esteve na tal casa e Francenildo afirma que o viu lá umas 10 ou 20 vezes!
Enquanto Francenildo estava na Polícia Federal para ser protegido como testemunha, alguém emitiu seu extrato bancário, que foi publicado na Revista ÉPOCA.
Francenildo diz que entregou todos os seus documentos, inclusive o cartão bancário da CEF a policiais federais.
Seu extrato foi publicado porque sua poupança tinha um saldo considerado incompatível com os ganhos de um caseiro.
A idéia era criar a suspeita de que ele teria recebido dinheiro para depor contra Palocci.
A própria imprensa levantou que Francenildo recebeu o dinheiro de um empresário que seria seu pai natural e todo mundo confirma a estória, o empresário e a mãe de Francenildo.
O sigilo bancário é protegido por regra constitucional e só pode ser quebrado com autorização judicial em situações de pessoas investigadas em processos criminais, o que não é o caso da caseiro NILDO.
Fora dessa hipótese a violação do sigilo bancário é CRIME!
Agora todo mundo diz que vai apurar as responsabilidades, a Caixa Econômica Federal e o "republicano" Ministério da Justiça.
Se isso tivesse acontecido num filme do Steven Spielberg ou do Roman Polanski a culpa seria da GESTAPO ou da SS!
Como tudo se passa no mundo real do Brasil democrático e republicano do século XXI, o VOX LIBRE espera sinceramente que algum dia alguém possa dizer quem foi que quebrou o sigilo bancário do NILDO!
Eremildo, o idiota (personagem do Elio Gaspari), deve compartilhar a crença do VOX LIBRE.
O fato é que clientes de instituições financeiras estatais como a CEF devem estar seriamente desconfiados quanto ao real sigilo de seus dados bancários!

16 comentários:

LCMarques disse...

Governantes com conveniência sem coerência.
Querem descobrir armações sem o respaldo legal.
Não permitem que legalmente as pessoas possam se manifestar.
Não permitem que suspeitos possam ter seus sigilos quebrado legalmente.
Mudam o rumo da prosa prá confundir os depoimentos.

Onde vamos parar?

LCMarques disse...

Galho fraco...
Dirceu dormia junto com Waldomiro e não sabia de nada, ninguem avisou.
Genoíno assinou sem saber de nada...
O ético não sabia que o que se passava ao seu redor e olha que jantou com o Roberto Jefferson.
O Inspetor Closeau Bastou ficou estarrecido com o crime contra o caseiro.
O Okamoto paga as contas de outras pessoas e não declara.
Um cara recebe uma grana e é gravado e visto pela TV, dentro dos Correios, e fica por isso mesmo.
Um publicitário faz o maior (des)espetáculo de ironía dentro da casa dos representantes do povo e fica por isso mesmo.

Chega, encheu o saco. Conseguiram me fazer acreditar que sou um idiota.
Me apelidarei-me de Eremildo.

Raul Balboa disse...

Será que alguém ainda vai confiar na caixa econômica?
Se o sigilo foi quebrado sem autorização,alguém pediu ,alguém forneceu.Depois dessa que credibilidade tem esta instituição?

Raul Balboa disse...

E tem outra,o primeiro pedido de "impeachment",por ironia,foi pedido por Lula e Hélio bicudo,hoje desafeto do calamar.

tunico disse...

Dr. Rayol, o senhor que pertence à instituição e a conhece muito bem:

Será que houve conivência dos policiais que estavam com o rapaz ou eles tiveram que acatar ordens de algum superior para pedir o cartão do banco?

Considero este episódio o mais grave deste desastrado governo pois que face às circunstancias em que ocorreu, denota o total desprezo das autoridades governamentais com a Lei constitucional vigente.Um direito fundamental do cidadão foi quebrado sem a devida autorização judicial.Por outro lado, um magistrado da Suprema Corte pactua com o acobertamento da verdade. Estamos chegando a um limite perigoso que pode ser ultrapassado com a exacerbação das rivalidades políticas.

Anônimo disse...

Interessante que a questão do sigilo bancário comece a tomar importância no exato momento em que inicia o fim dos "anos de merda" (em contraponto aos anos de chumbo)dessa quadrilha que desgoverna a Nação.

Repentinamente, quando a caterva começa a se preparar para limpar as gavetas, o sigilo bancário passa a ser algo sagrado.

João (entendendo)

Anônimo disse...

Quem conhece o ministro Jobim sabe que ele nunca teve vocação para ocupar uma cadeira na mais alta corte do judiciário. Sua verdadeira vocação é no campo político, daí minha perguta: como que uma pessoa com pretensões políticas declaradas pode julgar com parcialidade uma lide envolvendo membros do governo da qual seu partido faz parte??? Cadê a divisão de poderes independentes entre sí???? Espero que no plenário do STF essa decisão seja reformada.

abcs
Rubone

Claudio Cruz disse...

DESISTO!
Pode até exisitir político honesto mas meu voto jamais o encontrará.
Eu voto NULO!

COP disse...

Como diz a FOLHA, a quebra do sigilo bancário do "NILDO" se deu dentro da própria Caixa Federal por,e a mando de alguém de dentro. Muito bem.

MAS, como souberam que ele tinha uma conta na Caixa?
Fizeram uma busca em todos os Bancos?

OU, a informação sobre o endereço da conta veio da Polícia Federal, único órgão que sabia da sua existência?

Houve, portanto, uma operação CONJUNTA PF - CEF, onde a PF obteve o Banco e número da Conta e a CEF providenciou a quebra ilegal do sigilo.

Gusta disse...

O marido da guardiã das contas na CEF é sub-secretário na Secretaria da presidencia da República.
Que tal???

Anônimo disse...

Essa notícia eu cantei antes Dr!!!É só verificar nos comentários dos posts anteriores!Esta é a PF do amigo marcio.

Novinha de Taubaté.

MV BILLCIO PAPÃO disse...

Agora vou fazer um documentário chamado RAPINA, HOMENS QUE ROUBAM NA CAPITAL, falando novamente de coisas que todos os habitantes do país já estão carecas de saber, mas eu também quero ganhar um DIN-DIN. Só não sei se esse tipo de bandidagem a GLOBO vai fortalecer(ajudar) a denunciar para os sociólogos de plantão. TÁ LIGADO!

Coluna do C.Humberto disse...

CEF = Conta Espionada do Francenildo.

Romero disse...

Sei que o assunto é outro, mas é uma informação imprescindível para todos nós, que desejamos mudar este país para melhor!

Já contaram a voce que só de tributos voce paga mais de 81%
de sua conta de energia?

Estou certo que 99% da população não se dá conta dos impostos abusivos que paga na conta de energia elétrica.
Para quem não sabe a carga fiscal é de "pouco" mais de 81% sobre os valores do consumo( energia, transmissão e distribuição), pois o restante da conta são encargos setoriais e tributos. Parece que aquele valor explicito de ICM vem em destaque apenas para iludir os menos atentos, induzindo-os ao erro. Como é possível pagarmos 81% de impostos em cima de um serviço de primeiríssima necessidade como a energia. Se voce não acredita, procure em sua conta o Demonstrativo Valores Faturamento - Resolução 166 10/10/2005, faça os cálculos para chegar à esta verdadeira pilhagem em suas economias.
O povo precisa dar um basta a isso! Passe esta informação adiante para o maior número de pessoas.
Precisamos da união de todos contra esta aberração estatal !

Anônimo disse...

Rap Da Pobreza da Quebra Do Sigilo

Oficialmente
Chefe sorridente
Nada tinha a ver
Com essa história de poder adjacente

Rolo começou quando esperto diretor
Vendo chefe balançar
Por causa do caseiro que na CPI iria falar
Mandou gerente número da conta e senha digitar
E pronto
Lá estava impresso o sigilo do caseiro
Só faltava vazar e o chefe inocentar
E comemorar
“Caseirinho tá ferrado, saberá qual é o seu lugar!”

Feitiço voltou, mano
Que pisada
Não demorou nem três horas e o esquema furou
Ninguém contava que o caseiro
Não tinha nome do pai no documento
E trocara reconhecimento
Da paternidade pela grana
E um barraco comprar

Dois pesos duas medidas
Justiça às avessas
Liminares permitindo comparsas na CPI a boca calar
Outras proibindo simples e justos a verdade falar

Paternidade desse escândalo, de quem será?
Tentaram abafar esperando poeira abaixar
Traindo a pátria e mentindo ao povo, quem será?
Até quando essas bandalheiras o povo vai aturar?

(Autor: Eleitor Desacorçoado)

Sérpico disse...

Rayol, me perdoe pela sua condição de delegado da PF mas a Policia Federal participo do maior ato de abuso de poder dos últimos 20 anos. E impressionante a degradação promovida dentro da PF pela gang do pt e pelo Márcio T Bastos, outrora advogado do tráfico e hoje defensor da luta contra corrupção????
A Policia Federal volto para seu papel de policia política. Já que foi fundada com esse intuito.
O tráfico continua crescendo e a PF se dedica a manchar a honra de cidadãos de bem e à gastar nosso dinheiro fazendo campanha para lulla.
Vamos ver como termina toda essa novela de "corre, corre" e "gatas, gasta"