terça-feira, 3 de janeiro de 2006

O presidente EXIGE um pedido de DESCULPAS!!!


O presidente LULA concedeu uma entrevista exclusiva ao jornalista PEDRO BIAL que foi levada ao ar no programa FANTÁSTICO, da TV GLOBO, que durou exatos 37 minutos, no último domingo dia primeiro de janeiro deste ano que se inicia.
O presidente LULA falou muito, mas não disse absolutamente NADA que se aproveitasse!
O jornalista PEDRO BIAL foi incisivo em perguntas sobre o escândalo de corrupção no governo do PT, mas o entrevistado foi evasivo e escorregadio feito um peixe ensaboado!
O presidente insistiu na conversa fiada de que não sabia de nada, de que se sentiu "esfaqueado" pelas costas, sem contudo, dizer quem o "esfaqueou", que todo mundo é inocente até prova em contrário e blá, blá, blá...!
O mais interessante é que o presidente exige um pedido de desculpas de todos aqueles que o acusaram "injustamente":
“A única coisa que eu peço a Deus é que, quando terminar tudo isso, aqueles que me acusaram peçam desculpas.”
Pode tratar-se de um exemplo clássico de distúrbio de percepção da realidade!
Nosso presidente parece ser um um nefelibata que "acredita" nas próprias mentiras: de que não sabia dos "esquemas" de corrupção montados por figuras importantes de seu partido, DELÚBIO SOARES, SILVIO PEREIRA, ZÉ DIRCEU et catherva..., como se tais petistas pudessem fazer alguma coisa sem seu conhecimento e anuência.
O presidente também disse que ainda não sabe se será candidato à reeleição em 2006.
É uma confissão de temor do julgamento das urnas.
Como foi eleito em um sistema que permite a reeleição, pode-se dizer que se trata de um mandato de 8 anos, com um "referendum" no meio.
O VOX LIBRE acha que o presidente vai aguardar as últimas pesquisas antes do prazo fatal para decidir se será candidato ou não, se perceber que a derrota será inevitável, não será candidato e vai se justificar com a "cascata" de que é contra a reeleição e assim acha que sairá com o currículo preservado, sem uma derrota acachapante!
Ele já fez isso antes quando foi deputado federal e descobriu que não conseguia "enrolar" ninguém no congresso, onde o mais otário é capaz de consertar relógios no escuro usando luvas de boxe.
Não se candidatou à reeleição para a câmara e na época se justificou dizendo que no congresso tinha 300 "picaretas"!
Agora governa pagando mensalões aos "picaretas", mas não SABE DE NADA!
Em 2006, nas eleições presidenciais, vamos pedir DESCULPAS ao presidente LULA e ao PT nas URNAS!!!
É muita "cara de pau!"
Uma ofensa à inteligência dos eleitores!
NÃO!
Ele não vai escapar com o currículo incólume.
Vai entrar para a História carregando nas costas a pecha de presidente do governo mais atolado em denúncias de corrupção de que já se teve notícia no Brasil!

5 comentários:

Jotaesse disse...

Não sei como ainda tem gente que acredita que este cara pode fazer alguma coisa para o bem deste País. Inacreditável.

Anônimo disse...

Não sei nem o que comentar ao ler tal coisa vindo do apedeuta, nosso gui presiMENTE, batráquio que tivemos que engolir com barba e tudo.Só dá pra fazer o que o Jabor disse:Amaldiçoar o energúmeno e a quadrilha de ladravazes petistas que assola o Brasil.

Novinha de Taubaté.

Augusto disse...

A rigor, esse homem teria que ser tirado do cargo "ex vi",já que o poder legislativo não tem coragem para isso, e uma de suas casas é chefiada por um petista tão safado quanto o primeiro.A frase todos são considerados inocentes até que se prove o contrário, que o presidente fala a todo momento, soa até como uma provocação à inteligência da população.

Anônimo disse...

Não sei porque esses jornalistas permitem que ele divague. Esses também são desrespeitosos com os telespectadores-povo. Deveriam fazê-lo responder exatamente o que lhe foi perguntado. É lhe perguntado uma coisa e elle responde outra, na cara de pau! Por que admitem? Será que é o vultuoso empréstimo concedido à Rede Globo que justifica? Alguma razão tem, não é possível que sejam tão ingênuos assim!!

Seu Carlos

Anônimo disse...

Parabenizo o autor pela forma simples, direta e precisa com que o "discurso contumaz" do nosso presidente foi classificado. È Realmente uma "verrrgonha" como diria certo jornalista recentemente censurado pelos partidários do Perda Total. Wood.