quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

ASSASSINO À SOLTA!



Sandra Gomide foi morta dia 20 de agosto de 2000 em um haras de Ibiúna.
O crime foi tido como hediondo, mas seu autor, Pimenta Neves, continua à solta!
Assassino confesso da jornalista e ex-namorada Sandra Gomide, o ex-diretor de Redação de O Estado de S. Paulo, Antônio Marcos Pimenta Neves, continua solto quase seis anos depois do crime.
Apesar de ter matado Sandra com um tiro nas costas e outro na cabeça no Haras Setti, em Ibiúna, interior de São Paulo, e de processado por crime hediondo duplamente qualificado, Pimenta, aos 68 anos, é visto freqüentemente em festas, na praia de Ubatuba ou fazendo compras nos sofisticados shoppings Morumbi e Market Place, ambos na Zona Sul de São Paulo.
Em muitos de seus passeios, Pimenta anda armado!
As fotos acima (à esquerda, SANDRA GOMIDE morta e à direita, seu assassino na praia) são do JORNAL DO BRASIL, a informação também!
Ahhh se fosse na Califórnia governada pelo "exterminador" ARNOLD SCHWARZENEGGER!!!
Independentemente de quantos advogados caros contratasse, o tal do PIMENTA ia acabar ganhando uma "injeçãozinha" na penitenciária de San Quentin!
Depois ainda tem gente que fala mal do ARNIE...
O VOX LIBRE adverte: na Califórnia, assassinar pessoas pode fazer muito mal à saúde!!!

4 comentários:

Elaine disse...

Amigo blogueiro devo dizer que ainda continuo sendo contra a pena de morte no Brasil porque pessoas como ele não iriam receber uma "injeçãozinha". Nosso país é uma vergonha total e com a nossa legislação e judiciário só os PPP iriam ser condenados a pena de morte. Lamentável essa figura solta bem como outros também.
Sds...Elaine Paiva

N. Cotrim disse...

Eu já tenho outra visão. Se for crime hediondo, latrocínio, estupro seguido de morte, sou a favor da pena de morte sim. Matou, morreu.

Abraços!

Sérpico disse...

Aqui não. Mata e vai para rua para matar de novo. Ainda escreve um livro. Parece piada mais não e. E o Brasil!

Alice disse...

Por isso que as pessoas não acreditam mais na " Justiça" .
Bom dia .