segunda-feira, 5 de dezembro de 2005

Da carreira de "pó" à carreira policial!

Da coluna Ricardo Boechat no JORNAL DO BRASIL de 29/11/2005:
"Exonerada em abril deste ano, após prisão por tráfico de drogas, a técnica do Poder Judiciário Lara Ferreira Goulart obteve, no mesmo Tribunal de Justiça do Rio que a demitiu, decisão favorável à sua pretensão de tornar-se policial.
A 3ª Vara de Fazenda Pública determinou, ontem, sua matrícula na Academia de Polícia Civil do Rio de Janeiro.
No momento, a futura agente da lei recorre, em liberdade, de uma condenação de seis anos por tráfico."

Vocês não entenderam nada?
Nem eu!!!

8 comentários:

Augusto disse...

Será que esta nota do colunista do JB está condizente com a verdade, ele não trabalha mais no JB. Domingo, no JB, o bom jornalista Augusto Nunes cometeu diversas lambanças quando resolveu falar da vida profissional dos Ministros do STF. Se a referida canditada fosse absolvida da acusação, não poderia se falar nada, mas condenada... O advogado dela deve ser muito persuasivo.

Anônimo disse...

Não seriam aqueles candidatos "sub judice" que conseguem a liminar apenas para cursar a academia, mas só tomam posse após absolvição transitada em julgado????

abcs

Sérpico disse...

RAYOL: E MUITO SIMPLES. A FULANA ENTRO POR UMA PORTA E SAIU PELA OTRA. SITUAÇÃO MUITO COMUM ULTIMAMENTE NO BRASIL. E A CHAMADA CORRUPÇÃO ATIVA. QUANDO ESTÁ PASIVA PASSA ALGÚM TEMPO E PARA MINA VOLTAR. COMO E ATIVA VOLTA NO MESMO DIA, ENTENDEU? (risos)

Anônimo disse...

ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória;
. art 5º, LVII, CR/88.

forny

Gusta disse...

Tem muita coisa estranha acontecendo que para mim, é imoral, irregular e inaceitável.
Mas...

Nemerson Lavoura disse...

Esse nosso Poder Judiciária é uma vergonha absoluta!
Só recomeçando tudo do zero mesmo.

Alice disse...

Não entendi, melhor entendi , mas não compreendi ...pq será que as pessoas não acreditam na Justiça ? pq ?

Helena disse...

Está tudo muito estranho: - traficante virando policial, policial virando traficante; filho matando pai, pai matando filho; irmão matando irmão; presidente que não sabe de nada, ministros e outros polícos que roubam e vão ao STF para se defender. Desvio de verbas públicas são contabilizidados como caixa 2. Caixa 2, que era crime eleitoral, agora é normal e não constitui mais crime; pelo menos ninguém foi preso ainda por causa disto. A ética que ficou aética e a moral que está uma imoralidade só!
Que Deus se apiede de nós!