domingo, 4 de setembro de 2005

O "esquisito" novo marido de dona MARTA SUPLICY!

Marido de Marta seria o operador de "esquema" de CORRUPÇÃO!
Notícia do CORREIO BRASILIENSE:
Ainda não há informação sobre a instituição financeira que a Naston Incorporation usava para receber dinheiro no exterior.
Mas é certo que de lá partiam ordens de crédito bifurcando a trilha.
O dinheiro era mandado assim:
1) às contas numeradas 60.356356086 e 60.356356199 do Trade Link Bank (braço do banco Rural nas Ilhas Cayman), operadas por um certo Felipe Belizário Wermusdit, cidadão de passaporte francês; e,
2) à Empire State Scorpus, off-shore com presença no Panamá e em Luxemburgo, operada por um certo Felipe Belizário Wermus, cidadão de passaporte argentino.
Felipe Belizário, tanto o Wermusdit quando sua corruptela Wermus, seriam a mesma pessoa.
No Brasil, segundo informações atribuídas a Toninho Barcelona, ele é conhecido como Luis Favre, dirigente petista, marido da ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy.
As contas operadas por Belizário são o que se chama de "contas-ônibus", servem ao transporte do dinheiro até um ponto seguro.
Favre não foi encontrado para comentar as acusações.
Na cadeia descrita por Toninho Barcelona, as "contas-ônibus" eram as primeiras efetivamente controladas pelos clientes petistas, pois até lá, tudo andava por empresas dos doleiros.
A partir delas, a grana era levada ao já famoso MTB Bank, de Nova York, funil do esquema.
Este caminho mais simples, das "contas-ônibus" direto ao MTB, servia ao Trade Link Bank, operado pelo passaporte francês de Felipe Belizário, e à versão luxemburguesa da Empire State Scorpus, operada pelo passaporte argentino.
Esta trabalhava com as filiais locais do Citibank e do francês Credit Lyonnais.
Já na versão panamenha da Empire State, também operada pelo passaporte argentino, o dinheiro seguia um caminho mais tortuoso antes de chegar ao MTB Bank.
Tinha que passar pela OBHC Ltd., off-shore administrada por um cubano naturalizado panamenho chamado Aníbal Contreras.
Contreras é amigo do ex-chefe da Casa Civil o deputado José Dirceu.
FELIPE BELIZÁRIO WERMUS É REALMENTE O NOME VERDADEIRO DE LUIZ FAVRE.
Não custa nada lembrar que o Favre é assessor de Duda Mendonça e ganha pelo menos 20 mil por mês.
Faz o que lá?
Opera as contas do Duda?

5 comentários:

augusto disse...

É fato notório que a Srª. Marta gosta de adornar a cabeça de seus maridos com galhadas cada vez mais espetaculares, mais essa faceta do franco-argentino é nova, ele deve estar querendo pegar o papel do boi bandido da novela América.

Elaine disse...

Affe! Até cansei lendo esse texto. É muita informação para uma mulher que só tem tico e teco semi-analfabetos.
Conta-ônibus? Essa eu vou guardar.
Fico imaginando como é complicado o trabalho da polícia nesses casos.
Só vocês mesmos para entender dessas coisas.
Augusto, essa do boi bandido foi ótima.
Bom Domingo a todos!

Alice disse...

Li,reli e to lendo de novo ,não me espanto com nada deles e tenho certeza que a resposta deles será:"é uma mentira deslavada",a " elite está inventando" ou"perseguição política ",olha qdo todos eles forem punidos e o Duda Mendonça tbm, mando rezar uma missa de "Ação de Graças "a cada 30 minutos, em agradecimento rs :)
Bom final de domingo.

Anônimo disse...

Como eu sempre disse, GENTALHA DA PIOR ESPÉCIE, VERDADEIRA CORJA DE CORRUPTOS SEM-VERGONHA!!!
Nada mais brando que o cadafalso ou morte por apedrejamento para estes bandidos será justiça!

Marcos Vinícius

tania disse...

Cheguei até aqui por meio do Jus Sperniandi,do Dellandréa.
Acabei de ler o texto sobre o marido da Marta Suplicy e cheguei a uma triste conclusão:Não me espantei!
Credo! A roubalheira está tão grande e tão escrachada, que eu fiquei,sinceramente, espantada com minha reação.Pensei assim:...mais um.
Não aceito isso.Tenho que reagir a essa atitude que não deve ser apenas minha...
abraços,excelente postagem.
Tania Melo