sábado, 10 de setembro de 2005

FATURANDO EM CIMA!

O leitor REINALDO AZEVEDO colocou um comentário tão bom que o VOX LIBRE resolveu publicar na página principal:
"É claro que o governo federal vai tentar faturar politicamente com a prisão de Paulo Maluf. Muita gente no país espera por isso há décadas.
Vai passar a impressão de que só acontece agora porque este é um governo que combate a corrupção.
A verdade é bem outra.
A prisão é resultado de uma longa investigação do Ministério Público.
O PT e o governo, estes, ao contrário, buscaram foi fazer acordos com Maluf — e fizeram — na eleição de 2004.
E o preço, o que foi amplamente noticiado, foi a não inclusão do ex-prefeito na CPI do Banestado, cujo relator era José Mentor (PT-SP), deputado ligado a Marta Suplicy e a José Dirceu.
Ficaram de fora do relatório tanto o Banco Rural como o ex-prefeito.
Mentor está na lista do cassáveis porque recebeu dinheiro de Marcos Valério — segundo ele, por prestação de serviços.
Ninguém duvida."
fonte: primeira leitura.

7 comentários:

LCMarques disse...

Não questiono as denuncias, não questiono a prisão, são ações que pelas denuncias deveriam ter acontecido há muito tempo.
Agora, são necessárias as algemas e como foram demonstradas na Globo?
O momento era de perigo? Temos na mídia diariamente situações de pessoas que deveriam ser presas e que não são, já demonstraram sua periculosidade com o bem público e que ainda têm cacife para continuarem a subtrair o erário e não são molestadas. O pior é que sabemos que semana que vem estarão, juridicamente falando, em liberdade.
Quem dá as ordens prá prender e algemar? É genérico ou específico?
Uma coisa é certa, confunde a cabeça da população então não vamos reclamar de quem não para em blitz, é sintomático.

Alice disse...

Pode ser minha ingenuidade , mas acho que as " algemas " representa uma " quebra dos que se julgam imunes a td ",os "poderosos intocáveis " ,podem até estarem em suas casas na 2ª feira,acaba sendo um fato histórico ,isso é bom , mostra que os " intocáveis " estão perdendo a vez .
Nada me assusta vindo do pT , dos seus acordos , seus conchavos.
E " os Malufs " não vão ser mais destaque , do que as notícias de Brasilia ,afinal a cada dia tem um " escândalo novo .

Anônimo disse...

Depois da Marta, José Dirceu e José Genoíno, o Maluf vai terá que ser julgado pelo Tribunal de Pequenas Causas...

Marcos Vinícius

Helena disse...

Não me interessa a prisão de Maluf e seu filho, até mesmo porque o filho disse que não fizeram como combinado, então toda a acão foi previamente combinada. O que me interessa é que o dinheiro desviado volte aos cofres públicos para serem investidos em obras para toda a sociedade.

Elaine disse...

Luis você me desculpe, mas se eu for presa a primeira coisa que irão fazer é me algemar, mesmo que eu não ofereça perigo. A algema é para todos!
Poucos são os delegados que não algemam "os suspeitos" - que não oferem "riscos", independente de classe social e mídia. Por outro lado, ao tomar a decisão de não algemar corre um sério risco do "preso" fugir. E se, além da fuga do preso, acontecer alguma coisa aos policiais da sua equipe, ele está ferrado!
É difícil para nós a "algema" seja em qualquer situação, mas é difícil para eles também, pela responsabilidade que carregam em suas costas.

Anônimo disse...

Duda Mendonça, quando preso na rinha de galos, foi algemado ?

Antonio Rayol disse...

Não, DUDA MENDONÇA não foi algemado, nem nenhum dos presos na rinha de galos.
Não houve necessidade disso!